Publicidade
Entretenimento
Buzz

'Eu não tenho grandes sonhos materiais', afirma Reynaldo Gianecchini

Sobre sua doença, a mesma que matou seu pai em outubro de 2011, o ator contou que aprendeu a valorizar cada momento da vida 26/04/2012 às 11:45
Show 1
Reynaldo Gianecchini afirmou que aprendeu a valorizar a vida no programa "Mais Você" (26/4/12)
uol/televisão ---

No “Mais Você”, TV Globo, desta quinta-feira (26), Ana Maria abriu o programa perguntando para Reynaldo Gianecchini o que ele faria se ganhasse R$ 5 milhões, como aconteceu recentemente na cidade de Pedregulho, interior de São Paulo. “Eu não tenho grandes sonhos materiais, se ganhasse esse dinheiro iria viajar, investir em cursos”, respondeu o ator que terminou recentemente um tratamento contra um câncer.

Sobre sua doença, a mesma que matou seu pai em outubro de 2011, o ator contou que aprendeu a valorizar cada momento da vida. “A morte para mim não é o fim. O amor de pai e filho extrapola essa vida e sei que ele [seu pai] continua comigo. Independente de qualquer religião, eu aprendi que o amor modifica tudo. Aprendi a dar mais valor para o ser humano, à pequenas histórias. Hoje valorizo cada conquista.”

“Quando você encara a morte é muito maluco. Mas eu dizia que não queria morrer. É legal também contarmos com a morte, pois vemos que não vale a pena brigar por pequenas coisas. Quando fiquei sabendo do meu câncer encarei de cara esse desafio. Isso fez de mim um homem melhor”, afirmou Gianecchini.

Companheira de todos os momentos, Heloisa Helena, mãe de Gianecchini, também falou da luta que enfrentou ao lado do filho. “Nunca questionei a vontade de Deus. Criei forças para enfrentar esse momento difícil. Ele [Reynaldo], mesmo doente, me dava força e falava que era o momento de testar a nossa fé. Temos que viver intensamente cada segundo, amar as pessoas, curtir a família. O Gianecchini hoje é um rapaz mais experiente. Eu o amo infinitamente.”

Relacionamento com a Marília Gabriela

"A Marília [Gabriela] me tornou um homem mais refinado. Ela me ensinou a batalhar, a correr atrás de cada coisa. Vivemos nove anos intensos”, afirmou Reynaldo Gianecchini, sobre sua ex-mulher, a jornalista Marília Gabriela.

Trabalho

Reynaldo contou que além da peça “Cruel”, em cartaz em São Paulo, ele voltará para TV na novela das sete, “Guerra dos Sexos”, e interpretará o motorista do personagem do Tony Ramos. “Estou curioso para saber como vai ser”, disse o ator.

Nesta noite, o ator estreia uma temporada de 22 apresentações da peça "Cruel" nos CEUs da cidade de São Paulo. Os ingressos para as duas primeiras noites já estão esgotados.