Publicidade
Entretenimento
Buzz

Ex-agente enviou e-mails difamando Leonard Cohen

Kelley Lynch foi despedida em 2004, após 17 anos de relação profissional e um breve romance com o músico, que a processou por assédio moral pelo envio de centenas de e-mails e mensagens de voz denegrindo a imagem de Cohen 11/04/2012 às 14:57
Show 1
O cantor e compositor Leornard Cohen chegando no “Recording Academy's Special Merit Awards Ceremony”, em Los Angeles – EUA (30/01/10)
AFP ---

O cantor Leonard Cohen "tem um pequeno, se não inexistente, pênis", escreveu sua ex-representante financeira e amante Kelley Lynch em e-mails enviados a várias pessoas, revelou o promotor no julgamento em Los Angeles por assédio moral.

Kelley Lynch foi despedida em 2004, após 17 anos de relação profissional e um breve romance com o músico, que a processou por assédio moral pelo envio de centenas de e-mails e mensagens de voz denegrindo a imagem de Cohen.

Os e-mails foram enviados em 2008 à Promotoria do Distrito de Los Angeles e a outros vários destinatários, incluindo o escritório da Receita e o próprio Cohen: "sim, Leonard Cohen tem um pequeno, se não inexistente, pênis".

"Ela escreveu centenas, milhares de e-mails", disse o artista de 77 anos, que teve dificuldade para lembrar os detalhes e falava com voz tremula.

Cohen despediu Lynch após acusá-la de roubar cerca de 5 milhões de dólares enquanto o cantor vivia em um mosteiro budista na região de Los Angeles.

Na justiça civil, Cohen ganhou uma causa em 2005 na qual Lynch foi condenada a pagar ao cantor 9,5 milhões de dólares.

Desde então, Lynch tem promovido uma campanha de difamação contra Cohen, o que motivou a ação criminal.

Lynch, 55 anos, é mantida sob custódia e será enviada diretamente à prisão se for considerada culpada.

Cohen voltou aos palcos em 2008, após 15 anos de afastamento, e desde então tem reativado sua carreira, suas finanças e seu prestígio mundial.