Publicidade
Entretenimento
Exposição Amazônia

Exposição em Brasília retrata realidade Amazônica em diversas épocas

Obras dão panorama histórico, cultural e antropológico da região amazônica 02/08/2012 às 16:52
Show 1
Exposição fica em cartaz em Brasília até setembro
acritica.com Manaus

Mil metros quadrados que retratam um pouco da realidade da maior região territorial do Brasil que fascina o mundo pelas riquezas naturais e diversidade humana. Esta é a exposição Amazônia, ciclos de modernidade que vai poder ser conferida a partir do dia 13 de agosto no Centro Cultural Banco do Brasil Brasília (CCBB Brasília).

Depois de passar pelo Rio de Janeiro, a mostra chega à capital federal para apresentar um percurso visual com 300 obras que retratam a trajetória amazônica desde o século XVIII até os dias atuais, divididas pelos períodos do Iluminismo, do Ciclo da Borracha (1860 – 1910), do Modernismo e da Contemporaneidade.


 Com curadoria de Paulo Herkenhoff, a exposição se desenvolve como um fluxo de ideias e de linguagens.  O conceito curatorial apresenta em amplo espectro a cultura visual da Amazônia, sua arte e determinadas particularidades antropológicas. São mil metros quadrados ocupados por fotografias, pinturas, aquarelas, desenhos, esculturas, objetos, vídeos e documentos raros.  

 A exposição apresenta o acervo de importantes instituições brasileiras, tais como Fundação Biblioteca Nacional, Museu Paraense Emilio Goeldi, Museu de Arte de Belém, Museu Histórico do Pará, Museu da Universidade Federal do Pará, Casa das 11 janelas, Fundação Elias Mansour do Governo do Acre, Palácios do Governo de São Paulo, Pinacoteca do Estado de São Paulo, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Museu de Arte Contemporânea de Niterói, Museu Naval, Museu do Índio, Instituto Moreira Sales, Fundação Roberto Marinho e coleções particulares.  A exposição fica em cartaz no CCBB Brasília entre os dias 13 de agosto e 23 de setembro de 2012.


Nos pavilhões montados para realizar a exposição, o público vai poder conhecer diversas fases do desenvolvimento da região passando pelo intitulado Natureza, patrimônio ameaçado, indo para o destinado à Ciência e economia, o Amazônia Hoje e o que aborda a questão da Aculturação e conflitos regionais.

A exposição vai estar aberta à visitação até o dia 23 de setembro com entrada franca. O CCBB disponibiliza ônibus gratuito, identificado com a marca do Centro Cultural. O transporte funciona de terça a domingo, saindo do Teatro Nacional a partir das 11h.