Publicidade
Entretenimento
Vida

Exposição retrata ‘Rituais amazônicos’ em forma de mandalas e espirais

Artista plástico Francimar Barbosa inaugurou nesta última terça-feira (12) mostra de seus trabalhos na galeria do Icbe. Os visitates poderão apreciar o melhor da arte amazonense gratuitamente 14/06/2012 às 18:25
Show 1
Concentrado na temática amazônica, Francimar apresenta uma série de 28 quadros que retratam a vida e cultura de índios e riberinhos de maneira bem original
VIRGÍLIO SIMÕES ---

O artista plástico Francimar Barbosa inaugurou nesta terça-feira (12) a exposição “Rituais da Floresta”, às 19h30, na galeria do Instituto Cultural Brasil - Estados Unidos (Icbeu).

Concentrado na temática amazônica, Francimar apresenta uma série de 28 quadros que retratam a vida e cultura de índios e riberinhos de maneira bem original. São imagens que se intercalam e se repetem em estruturas de mandalas e espirais. Peixes, sapos, ocas, pescadores, mulheres, crianças e pajés flutuam nas telas, em cores fortes, com traços de psicodelismo. Francimar explica que busca ser didático com sua arte: “Pego várias histórias do imaginário popular, lendas, mitos, e realizo novas leituras delas. Minha base remete à Pop Art e à Optical Art, mas sempre retrato os elementos de nossa cultura e nossas histórias”, explica.

Se hoje Francimar consegue dar vazão à sua criatividade e fazer experimentações, no passado o artista teve de se render ao previsível. “Há oito anos, eu produzia apenas telas de paisagens locais. Trabalhava no Distrito Industrial, e minha única perspectiva de viver da arte era fazer o que agradava o público. Nos últimos anos, percebi o esgotamento do interesse pelo tema e busquei novos rumos. Hoje, encontrei uma identidade própria, e tenho notado uma ótima receptividade do público”, afirma.

Prêmios

Com seu trabalho atual, Francimar recebeu prêmio da Funarte no programa Mais Cultura. O pintor também foi premiado pelo Proarte, da SEC, e pelo PAIC, da Prefeitura de Manaus.

O bom ano de Francimar continua. Ele também participou da Pré-Bienal de Artes do Amazonas, e tem seus trabalhos expostos na Assembleia Legislativa do Estado. Para o próximo ano, os planos do artista preveem uma exposição coletiva no Rio de Janeiro, com data e local ainda indefinidos.

Mesmo conseguindo se dedicar exclusivamente à arte, pintando e lecionando, Francimar considera que ainda falta apoio dos governos estadual e municipal para os artistas locais. “A Copa do Mundo de 2014 está se aproximando, e as perspectivas são boas. Mas a produção artística é cara. Temos de adquirir tintas, telas, pincéis, e manter um bom espaço de trabalho. Sem apoio, as dificuldades se multiplicam”.

Prêmio Nacional

A exposição “Rituais da Floresta”, que acontece no Icbeu (avenida Joaquim Nabuco, 1.286, Centro), de 13 de junho a 11 de julho, foi premiada em 2010 pelo programa Microprojetos Mais Cultura: Amazônia Legal.

 O programa é do Ministério da Cultura, oferecido aos artistas através da Funarte (Fundação Nacional de Artes).

Francimar explicou que não conseguiu realizar a exposição em 2011, como havia planejado, em decorrência de outros compromissos. Agora ele apresenta seu trabalho ao público e promete mais para o próximo ano. Além de pintor, Francimar Barbosa é professor de arte. Leciona na Galeria Palácio das Artes (rua Luiz Antony, 497, Centro) e no Centro de Convivência da Família Pe. Pedro Vignola (av. Noel Nutels, 119, Núcleo 8, Cidade Nova).

Serviço
O que é? Vernissage da exposição “Rituais da floresta”, do artista plástico Francimar Barbosa
Onde? Galeria do Icbeu
Quando? A partir do dia 13/06, às 19h30. Entrada gratuita