Publicidade
Entretenimento
Gravação DVD Garantido 2013

Êxtase vermelho e branco na gravação do DVD do Boi Garantido

A gravação do DVD do Boi Garantido foi um show de quatro horas com toadas novas e antológicas que marcou a noite de sábado em Parintins 25/02/2013 às 08:49
Show 1
Torcedores elogiaram organização do show
Jonas Santos Parintins

Um show apoteótico marcado pela presença de João Batista e dona Maria,  filhos de Lindolfo Monteverde, o criador do Garantido, levou o público ao delírio e ao êxtase, na gravação do DVD e “Red-ray” do Centenário do boi, que aconteceu no sábado(23) à noite, em Parintins. A emoção contagiou o público presente. João, que segurou por 30 anos, a função de amo do boi, no lugar do pai, não se conteve e, mesmo com a voz embargada, acompanhou, ao seu estilo, Israel Paulain, o apresentador oficial, cantando as toadas antigas do bumbá. Há anos que João Batista não se apresentava. A direção do show incursionou no decurso da apresentação momentos que, significativamente, marcaram a história de 100 anos do Garantido. Veja galeria de fotos aqui.

“Estou numa emoção só”, disse João. A festa começou com um pot-pourri que incluía “boa noite povo amazonense”. Israel e o levantador de toadas, Sebastião Junior, enfileiraram um repertório contagiante, que trouxe logo de cara, o boi Garantido.  Outro momento marcante foi à presença do ex-apresentador Paulinho Faria e do ex-levantador, Emerson Maia, poeta maior da Baixa. Maia lembrou da infância ao entoar “sentei junto ao pé da roseira”. “O Garantido é a nossa maior paixão. Estou muito feliz por estar aqui está noite”, afirmou. Emocionante também foi a subida de Nossa Senhora do Carmo, padroeira de Parintins, que em um cabo de aço, parecia flutuar no ar, durante o dueto acústico de Márcia Siqueira e Sebastião.

Quatro horas

Coreografias, bailados e as aparições dos itens oficiais se alternavam durante as quase quatro horas de show, no curral da Cidade Garantido. Fogos e efeitos especiais se somavam aos quadros cênicos. A gravação do DVD do Centenário contou com uma equipe de 60 profissionais da TV A CRÍTICA, emissora filiada à Rede Record. Uma equipe da TV Record, inclusive, assistiu ao show e saiu extasiada com o que viu durante o espetáculo apresentado.

A vibração dos torcedores ditou o rumo do megaespectáculo do boi da Baixa do São José. Uma verdadeira catarse, em que os amantes da folia bovina soltaram a voz, o corpo e a alma para cantar e dançar ao som da batucada, num repertório infindável naquela noite que já ficou na história do bumbá. Às 4 da madrugada, quando a festa encerrou, o povo continuava no curral, com gosto de quero mais.