Publicidade
Entretenimento
Vida

Fábio Rabin volta a Manaus com espetáculo de humor ‘Queimando o Filme’, nesta sexta (8)

Fábio chegou a apresentar o espetáculo na capital amazonense em outubro de 2013, mas está ansioso para apresentar as mudanças no repertório 08/10/2015 às 13:37
Show 1
“É um show mais amadurecido, em que a vida de casal e o ‘ser pai’ têm destaque", comentou o artista
Lucas Jardim Manaus (AM)

O comediante Fábio Rabin volta à capital amazonense para apresentar seu novo show, “Queimando o Filme”. O espetáculo, no formato stand up, está em turnê há dois anos e passou por Manaus em outubro de 2013. “Queimando” vem na sequência de “Sem Noção”, show anterior de Fábio também que chegou a passar várias vezes por Manaus e ganhou um registro em DVD.

Falando ao BEM VIVER, o comediante se mostrou animado com a ideia de voltar à cidade, vez que o repertório de um show desse tipo muda bastante com o tempo. 

“A questão da mudança foi justamente o que me fez me apaixonar pelo stand up. Quando eu vi a galera mudando os textos na cara dura, de forma bem diferente do processo de uma peça, por exemplo, gostei muito. Considerando os dois anos que se passaram desde que estive aí com o ‘Queimando’ pela última vez, muitas piadas já mudaram, então é ótimo poder voltar e apresentar um repertório reformulado”, disse.

Pais e filhos

Fábio agora divide o tempo dos shows e outros projetos com a filha de dois anos e meio, e o tema da paternidade informa diretamente as piadas de “Queimando o Filme”.

“É um show mais amadurecido, em que a vida de casal e o ‘ser pai’ têm destaque. Falo bastante de vida adulta. Gosto de dizer que é um espetáculo tanto para a galera jovem, pois apesar de vários assuntos teoricamente sérios surgirem em cena, tem um humor bem ácido que é típico dos tempos de molecagem, quanto para a galera que já é pai, porque eles se identificam”, explicou Fábio.

Quando o assunto é a sua família, Fábio se mostra satisfeito, apesar da luta para se manter na vida da filha ser constante. “Minha esposa é minha produtora, então nos encontramos nos shows. Já minha filha, quando podemos levá-la conosco, ela vai, mas nem sempre é possível. Gostamos de dizer que somos o inverso dos pais normais: geralmente temos os dias de semanas livres com ela e os finais de semana não, quando a maioria dos pais têm o oposto”, comentou o comediante.

Gravação e futuro

Perguntado se “Queimando” também terá um registro oficial como “Sem Noção” teve, ele não titubeia: “Na verdade, já o gravamos. Estamos em fase de pós-produção com ele, editando o material e estudando a plataforma de lançamento”, declarou.

Apesar dos avanços na gravação do show atual, a ideia de um novo espetáculo ainda está sendo tratada com muita cautela. “É irônico. Quando escrevi meu primeiro espetáculo, eu só escrevia, tinha muito tempo. Agora com mais shows, é mais difícil para isso. É claro que quero fazer, mas no tempo certo, em que eu tiver condição de montar um material com a qualidade que eu prezo”, afirmou.

Isso também vem de suas tentativas de levar seus shows ao maior público possível. “Você tem cidades enormes, como Manaus mesmo, em que sempre penso que o número de pessoas que não me viram é sempre maior que o número de pessoas que viram [risos]. Quero que todo mundo possa conferir os shows”, concluiu.

Longa Metragem

Além dos shows, Fábio volta à televisão no ano que vem com o programa “Longa Metragem”, que irá ao ar no canal pago TBS, dedicado à comédia. “Já estamos com ele gravado e ele chegou a ter uma estreia-teste, mas entrará no ar definitivamente no ano que vem", explicou.

Segundo ele, o projeto tem um estilo novo comparado ao que já fez. "É bem diferente de tudo que fiz, bem como o que vem sendo feito no Brasil. Não tem a ver com stand up. Nós brincamos com o cinema, temos uma pegada cinematográfica. Serão 13 episódios e os últimos três, se juntos, formam um longa-metragem”, explicou.

Parceiros

Como seus amigos Marcelo Adnet e Dani Calabresa, Fábio obteve projeção nacional quando compôs o elenco do “Comédia MTV”. Perguntado sobre a relação com os ex-parceiros de programa, ele fala que as agendas de todos previnem maiores reuniões, mas que a relação é boa.

“O Marcelo e a Dani, eu já conhecia antes do ‘Comédia’ até. Lá, eu conheci mesmo a Tatá Werneck, o Bento Ribeiro, o Rafael Queiroga... Sempre quando a gente se encontra, é legal. Agora vou fazer uma temporada no Rio, espero rever vários deles”, disse.