Publicidade
Entretenimento
Vida

Filme ‘De pernas pro ar 2’ embala uma comédia nada picante

O assunto central do longa nacional, o sexo, é tratado com muita modéstia, talvez devido a diminuição na classificação etária do filme 31/12/2012 às 10:12
Show 1
A atriz Ingrid Guimarães é a protagonista da comédia
Rafael Seixas ---

A missão de “De pernas pro ar 2”, em cartaz nos cinemas locais, era repetir o sucesso do filme de 2011, que foi a maior bilheteria nacional daquele ano, com 3,5 milhões de ingressos vendidos, porém ficou somente na vontade. O enredo não diverge muito do primeiro, mas deixa de falar mais abertamente sobre sexo.

O motivo da falta de ousadia ao tratar do assunto talvez se deva ao fato da diminuição na classificação etária do longa – dessa vez para 12 anos. Parece que a ideia dos roteiristas Marcelo Saback e Paulo Cursino foi fazer uma produção mais voltada à família – o que não deu muito certo.

Se o primeiro filme ajudou a impulsionar o mercado de sex shops no País, conforme estatística da Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico e Sensual (ABEME) – leia a peça Destaque –, o segundo deve decepcionar os investidores do setor.

No filme, Ingrid Guimarães interpreta Alice, empresária bem-sucedida do ramo de sex shop. Mesmo com um casamento consolidado e a possibilidade de inaugurar uma loja em Nova York, ela não consegue relaxar e precisar ser internada em uma clínica de repouso após uma crise de estresse. Na cidade, a protagonista conhece o jogador de futebol viciado em sexo, Mano Love, interpretado pelo talentoso ator e comediante Luís Miranda, e outro workaholic, Ricardo (Eriberto Leão).

“O meu personagem é o jogador de futebol Mano Love – qualquer alusão (ao jogador Wagner Love) é mera semelhança – que é compulsivo por sexo”, disse Miranda, em última entrevista concedida ao jornal A CRÍTICA.

Enfim, “De pernas por ar 2” segue à risca os moldes das comédias românticas e, certamente, a grande surpresa no quesito atuação é da atriz Denise Weinberg, no papel da mãe de Alice.