Publicidade
Entretenimento
TELEVISÃO

Fórmula de sucesso: ‘O Rico e Lázaro’ dá novo tom às telenovelas bíblicas brasileiras

A nova novela da TV Record atingiu 28 pontos de audiência nas residências de Manaus só durante a estreia, o maior índice do País 19/03/2017 às 16:53 - Atualizado em 19/03/2017 às 16:55
Show 1205877
Foto: Divulgação
Juan Gabriel Manaus (AM)

Em menos de uma semana desde seu lançamento, a novela “O Rico e Lázaro” já é um sucesso. O novo folhetim da Record TV que estreou na noite da última segunda-feira, dia 13, ocupando o horário nobre da emissora, atingiu altos índices de audiência na capital amazonense e em todo o Brasil, consolidando a segunda colocação dentre os programas televisivos mais assistidos nesta faixa de horário.

Embalada pelo sucesso estrondoso das novelas bíblicas dos últimos anos, a trama escrita por Paula Richard muda a forma de se trazer o lado religioso para a teledramaturgia e apresenta uma fórmula diferente, mas que já vem caindo nas graças do público.

O pico de audiência na noite de estreia chegou aos 28 pontos em Manaus. A cidade obteve o maior índice de público dentre todas as capitais do País. Só para ter uma ideia, em São Paulo o pico de audiência chegou aos 17 pontos, mantendo-se em uma média de 15 pontos. Em outras capitais do País, o folhetim ficou entre 14 e 16 pontos de média.

Para a mídia especializada, a novela se coloca no mesmo rumo percorrido por outros fenômenos de audiência da casa. Para a colunista e crítica televisiva do jornal O Globo, Patricia Kogut, a nova novela trouxe melhorias na qualidade dos diálogos em relação a outras producções do gênero. Já para o crítico Mauricio Stycer, a novela reforçou a qualidade da Record TV no domínio do assunto e, de quebra, rendeu elogios à forma como o folhetim apresenta seus personagens: com clareza, apesar do número exorbitante de atores no elenco (são 97 ao todo).

Para o ator Dudu Azevedo, que interpreta o protagonista Asher,  o sucesso precoce da novela é consequência da nova fórmula na qual a emissora apostou. “É um passo adiante na Record. Apesar de ter a Bíblia como fonte, deixa de ser uma novela de segmento e passa a atingir um público que se interessa por esse tipo de estética, de narrativa”, afirma o ator.

Enredo

A novela aborda uma parábola citada no Novo Testamento, na qual dois homens morrem no mesmo dia. Um deles, rico e ganancioso, acaba indo para o inferno, enquanto o outro, pobre e humilde, vai ao paraíso. Ao contrário das novelas mais recentes da Record TV, “O Rico e Lázaro” possui personagens fictícios, criados com base no contexto histórico da trama que acontece em 600 a.C.

A história, que se passa na Babilônia, acompanha os amigos Asher (Dudu Azevedo) e Zac (Igor Rickli) da infância até a morte, tendo como ponto principal a disputa dos dois pela mesma mulher, a bela Joana (Milena Toscano), e mostrando como as escolhas feitas em vida acabam decidindo seus destinos após a morte.

Tecnologia de ponta

“O Rico e Lazaro” se destaca por ser a primeira novela brasileira gravada em 4K. A tecnologia é superior a resoluções encontradas em filmagens Full HD, por exemplo.