Publicidade
Entretenimento
Vida

Gaby Amarantos e Os Tucumanus agitaram Parada Musical

O tecnobrega da cantora paraense, aliado ao estilo regional experimental do grupo amazonense deu o tom da noite desta sexta (25) no Centro Cultural Povos da Amazônia 28/01/2013 às 13:53
Show 1
Gaby Amarantos durante apresentação em Manaus
Laynna Feitoza Manaus, AM

“É a nossa música invadindo o mundo inteiro, vamos comemorar!”. Essas palavras resumiram o que foi o ano de 2012 e o que está por vir em 2013 para a cantora paraense Gaby Amarantos, que se apresentou em Manaus na noite desta sexta-feira (25), no Centro Cultural Povos da Amazônia, localizado na Praça Francisco Pereira da Silva, S/Nº, Crespo, Zona Sul, por meio do Parada Musical, festival gratuito que passou por mais quatro capitais brasileiras – Brasília, Salvador, Curitiba e Rio de Janeiro – em alusão às comemorações dos 350 anos dos Correios.

“Eu considero esse nosso primeiro show de verdade em Manaus”, afirmou Gaby, ao público caloroso de aproximadamente 25 mil pessoas que compareceu ao show, que não pertenceu apenas à cantora paraense, mas também aos ‘pratas da casa’ Os Tucumanus, que fizeram o ‘esquenta’ para a rainha do tecnobrega e também conhecem o que é levar o nome da cultura regional ao resto do mundo – a banda manauara foi a única da região a tocar no Brazilian Day, em Nova York, no ano passado.

Regional experimental d'Os Tucumanus levantou público


O show dos Tucumanus começou pontualmente às 21h30, horário já previsto para início. Por cerca de 40 minutos, os presentes puderam se embalar ao som do regional experimental proposto pela banda. “Nós temos várias influências musicais, e a gente flerta com essas influências e com os sons que a gente gosta. Flertamos com carimbó, com reggae, com rock, jazz, maracatu, funk, beiradão, tudo isso está presente no primeiro disco e está presente na essência da banda”, avaliou Denilson Novo, guitarrista do grupo, em entrevista ao acritica.com.

Canções como ‘Acari-Bodó’, ‘Churrasco de Gato’ e ‘Boca Cabocla’ movimentaram a plateia composta por pessoas de todas as faixas etárias, E trabalho é o que não vai faltar no ano de 2013 para os amazonenses d’Os Tucumanus. Dois novos projetos já estão em fase de produção, cujo lançamento está previsto ainda para este primeiro semestre.

“Em fevereiro a gente deve estar lançando um EP, que terá 6 faixas de divulgação de trabalho que nós já gravamos no primeiro disco, e outros inéditos, que estaremos distribuindo nas rádios. Na sequência, vamos lançar em junho o nosso segundo disco, que terá 11 faixas inéditas e apenas com uma regravação, que é a de 'Churrasco de Gato', com arranjos diferenciados”, contou o guitarrista do grupo.

E a difusão da cultura cabocla pelo mundo deve continuar em 2013. Os Tucumanus estão com viagens previstas para Portugal. “Esse é o ano do Brasil em Portugal, e de Portugal no Brasil, e os produtores queriam uma representação da musicalidade amazônica, e nos convidaram. A meta é aproveitar essa viagem para tentar chegar até Berlim, na Alemanha. Queremos aproveitar nossa ida para Portugal para que esta seja nossa porta de entrada pela Europa”, assinalou Novo.

Regionalidade guerreira-moderna, balanço e afeto por fãs marca show de Gaby Amarantos


Após o show d’Os Tucumanus, foi a vez da cantora Gaby Amarantos contagiar o público com sua regionalidade guerreira-moderna. 20 músicas emolduraram o repertório da cantora que teve início às 22h30, entre músicas próprias e covers de músicas famosas, como ‘Sweet Dreams’, do grupo internacional Eurythmics e a música ‘Fogo e Paixão’, do cantor Wando.

A cantora abriu o show com a música ‘Faz o T’. Na sequência, o sucesso ‘Xirley’ agitou o público presente, seguidas por ‘Beba Doida’ e ‘Deita na BR’, um cover do Aviões do Forró. Entre o show, Amarantos considerou que esse seria o ‘primeiro show de verdade’ na capital amazonense, logo antes de apresentar a música ‘Dança Kuduro’, do cantor Latino, na versão de Latino, e que ganhou uma roupagem em tecnobrega, assim como ‘Balada Boa’ de Gusttavo Lima.

“Essa energia está incrível, estou lavada da cabeça aos pés. Sou sereia de Manaus", disse a cantora, antes de iniciar a canção ‘A Roda’, da artista Sara Jane. Logo após, o cover da música de forró ‘Periquita’ foi seguido pelo seguinte discurso: “2012 foi vitorioso pra mim, e para Manaus, para o Pará. Eu quero cantar a música que marcou essa vitória”, afirmou, entrando após em Ex Mai Love, sucesso que consagrou a cantora no ano passado, como abertura da novela Cheias de Charme.

Gaby dedicou aos fãs a canção ‘Fogo e Paixão’, do cantor Wando. Consecutivamente, as músicas ‘Me Libera’, cover do Forró Sacode, ‘Rubi’, um dos sucessos de Amarantos e ‘Novo Namorado’, cover do Aviões do Forró marcaram a festa. A música ‘Gemendo’, do álbum ‘Treme’, de Gaby Amarantos fez parte de um passeio da cantora pela arena onde estava o público presente, carregada por seguranças.

As últimas músicas foram ‘Sweet Dreams’, de Eurythmics, ‘Som de Preto’, de Amilcka e Chocolate e ‘Galera da Laje’, do acervo próprio da cantora. Para finalizar, a cantora fez bis das canções ‘Ex Mai Love’ e ‘Xirley’.

'Essa coisa de tecnobrega nada mais é do que ser feliz', diz Gaby Amarantos


Após um ano cheio de conquitas no cenário da música brasileira, Gaby Amarantos salientou quais são os seus projetos para o futuro. Em entrevista ao acritica.com, a cantora disse que é apaixonada pelos fãs manauaras, e que a cultura regional deve ser a grande arma do artista da Amazônia.

Em relação aos projetos para 2013, Gaby explicou sobre o DVD que deve sair após o Carnaval, intitulado ‘Live in Jurunas’, que foi dirigido pela cineasta Priscilla Brasil, responsável pela direção dos videoclipes para a cantora, e pelo cineasta francês Vicent Moon. Além do ‘Live In Jurunas’, outro DVD deve ser gravado ainda neste semestre, segundo Amarantos.

“Ele será todo disponibilizado pela internet, todos vão poder assistir. Já estamos preparando um novo DVD que vamos gravar no primeiro semestre também, e estamos na pré-produção do segundo disco, que ainda está no embrião”, certificou a cantora paraense, que, durante o show, enfatizou: "Essa coisa de tecnobrega nada mais é que ser feliz, e a gente vêm ensinando isso".

Sobre o novo álbum que deve sair em meados deste ano, Gaby afirmou que o repertório ainda está em fase de seleção, mas adiantou que o primeiro single deve ter a participação de um artista nacional, e que será a versão de uma música internacional. “O single será um esquenta para o próximo disco, parecido com o que fizemos com ‘Xirley’”, assegurou, lembrando que o single tem previsão de lançamento para depois do Carnaval.