Publicidade
Entretenimento
MÚSICA

Grupo The Platters retorna a Manaus e apresenta turnê no Teatro Manauara

A banda conquistou fama internacional pelo rock’n’roll da década de 50 e ao longo da carreira vendeu mais de 100 milhões de discos, cultivando milhões de fãs pelo mundo 10/10/2017 às 09:10
Show bv0510 1f
(Foto: Divulgação)
Alexandre Pequeno Manaus (AM)

Donos de alguns dos maiores hits da música americana, como “Only you (And you alone)”, “Smoke gets in your eyes” e “The great pretender”, o grupo The Platters irá aterrissar em Manaus para um verdadeiro revival, no palco do Teatro Manauara às 21h desta terça-feira (10). Os ingressos já estão à venda pelo site aloingressos.com e na bilheteria do teatro, localizada no Piso Buriti do Manauara Shopping (Av. Mário Ypiranga Monteiro, 1300 – Adrianópolis).

Os cantores Kevin Carrol, Ronn Howard, B.J. Mitchell e Farah Melanson prometem encantar o público com vozes e timbres marcantes. A banda conquistou fama internacional pelo rock’n’roll da década de 50 e ao longo da carreira vendeu mais de 100 milhões de discos, cultivando milhões de fãs pelo mundo. O grupo norte-americano já esteve em Manaus, em dezembro de 2013.

Nestes 60 anos, os Platters se destacaram pelo repertório de hits que atravessaram as décadas. Além das já citadas “Only you” e “The great pretender”, primeiros sucessos de peso, lançados ainda nos anos 1950, o grupo deu novo fôlego a antigos standards norte-americanos, como “My prayer”, “Twilight time”, “To each his own” e ainda “Smoke gets in your eyes”, clássica canção de Jerome Kern.

História
The Platters começou em 1952 como “Flamingos”, um grupo de adolecentes de Los Angeles. Sua formação inicial era composta por Cornell Gunter, Gaynel Hodge, seu irmão Alex Hodge, Joe “Jody” Jefferson, e Curtis Williams. 

Com o tempo, Cornell se afastou para se juntar aos Flairs (e mais tarde aos Coasters); Curtis Williams, que se afastou para se juntar aos Hollywood Flames (e mais tarde The Penguins); Gaynel Hodge, que também se juntaria aos Hollywood Flames, mas também continuaria com Os Flamingos; e Joe Jefferson, que ia e voltava.

O primeiro a deixar o grupo foi Curtis Williams. Para o seu lugar de cantor baixo viria Herb Reed, que era, originalmente, de Kansas City e tinha começado como um tenor. Ele e Alex Hodge se conheciam, já que Alex namorava uma menina que morava no prédio de Herb e que, na época, trabalhava como mecânico de automóveis e também cantava em um grupo gospel local. 

Quando o tenor Joe Jefferson saiu, seu substituto foi David Lynch, originalmente de St. Louis, e que trabalhava como motorista de táxi. Mas, o integrante que seria mais difícil de ser substituído era o principal, o tenor Cornell Gunter, que futuramente seria substituído por Tony Williams.

Desde os anos 60, o grupo passou por várias formações e atualmente se exibe através de alguns grupos ativos em turnês americanas e mundiais.