Publicidade
Entretenimento
Halls decoração

Halls de entrada imprimem personalidade e dão boas vindas aos visitantes

Os halls de entrada renascem como elementos essenciais da decoração e recepcionam com estilo o visitante 26/04/2012 às 11:23
Show 1
Espaço criado pelas arquitetas do Espaço Projetos para a recepção de uma empresa petrolífera
Felipe de Paula Manaus

Diz o ditado popular que “a primeira impressão é a que fica”. Partindo desse pressuposto, pode-se deduzir a importância dos halls de entrada como o cartão de visita de um conjunto arquitetônico maior. Para além disso - e da função de tornar a espera dos visitantes mais agradável - esses ambientes funcionam como preâmbulo ao estilo e à sofisticação presentes depois da porta.

A designer de interiores Juliana Valadares explica que o design dos halls de entrada deve sempre harmonizar com as linhas do interior do imóvel e revela que sua maior inspiração para esses projetos parte das obras do arquiteto brasileiro Isay Weinfeld. Segundo ela, “um conjunto de quadros e um belo paisagismo pode instigar a curiosidade do visitante para o restante da casa”.

No entanto, a designer admite que, com a diminuição dos espaços dos apartamentos, a tendência é otimizar os espaços. “Hoje a tendência é ser muito funcional. Além de chamar a atenção do visitante para não tornar a espera do anfitrião monótona, os halls podem conter baús e aparadores para correspondências e encomendas”, diz ela, lembrando que é preciso, sobretudo, “entonação”. “Tem que harmonizar com a casa”, sintetiza.

 INTEGRAÇÃO

 A arquiteta Bruna Arruda partilha da opinião de que o hall deve integrar o estilo proposto para a casa. Para ela, ele é uma necessidade. “Numa casa ou numa empresa, você precisa valorizar o hall, que é o que convida o visitante a entrar”, diz ela, colocando a iluminação - tanto natural quanto artificial - como fundamentais à composição do espaço. “Iluminação boa, com os elementos decorativos certos, é essencial”, fundamenta a especialista.

 PERSONALIDADE

A também arquiteta Renata Scherer (na foto ao lado) faz questão de deixar claro que os halls estão cada vez mais em alta, devendo sempre expressar traços da personalidade dos donos da casa. Ela lembra também que, no caso dos apartamentos, esses espaços correspondem ao corredor e são compartilhados entre os vizinhos de andar. “Nesses casos as particularidades de cada morador devem ser mais suaves, respeitando a área de circulação comum”, afirma ela, que defende também a diversidade dos modelos nesse tipo de ambiente. “Halls de entrada podem ser projetados em qualquer estilo e podemos empregar diversos materiais”, diz ela, provocando a criatividade de quem está montando uma casa e não quer deixar passar a sugestão, afinal, ele é a primeira coisa que se vê ao chegar, e pode ser o que mais se lembra ao sair.

Serviço:

O que é

Arquiteta e Lighting Designer Renata Scherer

contato

Espaço Projeto - 3648-6529

o que é

 Arruda Mota Arquitetura - 3302-3545

o que é

 Designer Juliana Valadares

contato 4101-8580