Publicidade
Entretenimento
Vida

Hora de enfeitar: dicas de decoração para a mesa de Páscoa

É hora de definir como será a decoração deste cantinho para melhor receber os convidados. Priscilla Marques, do blog Anfitriã e sócia proprietária da loja Matiz, localizada em Araçatuba (SP), diz que a escolha do tema e das peças que irão enfeitar a mesa devem transmitir emoção 18/03/2013 às 08:58
Show 1
Agregar toques de modernidade à tradição é o que indica a empresária Cleide Luniere Gomes, do Ducila Festas e Convenções
Luciana Santos Manaus, AM

É em torno da mesa que as famílias e amigos costumam se reunir para festejar a Páscoa. Faltando duas semanas para essa data tão esperada pelos cristãos é hora de definir como será a decoração deste cantinho para melhor receber os convidados. Priscilla Marques, do blog Anfitriã e sócia proprietária da loja Matiz, localizada em Araçatuba (SP), diz que a escolha do tema e das peças que irão enfeitar a mesa devem transmitir emoção. Segundo ela, a harmonização de louças, toalhas, talheres e outros objetos de decoração deve refletir a personalidade de quem está recebendo.

“Isso depende da inspiração do dia, do efeito que quero criar naquela ocasião e do quero ressaltar, tudo faz parte de um conjunto de escolhas, que é algo muito pessoal. E isso é importante, pois a mesa deve ter personalidade”, ensina.

Para o blog, Priscilla criou uma mesa alegre inspirada em coelhinhos de porcelana e utilizando tons de azul e pink, com padronagem xadrez. Ela explica que dentre os símbolos deste período ovos e coelhinhos são os mais versáteis na hora de decorar, além do forte simbolismo de fertilidade e vida nova.

“A mesa de Páscoa é geralmente preparada para o almoço e por isso também, os coelhos e ovos são elementos que podem mais facilmente ganhar destaque de diversas formas: em cima dos pratos, em porta-guardanapos, espalhados na mesa... tudo é como uma brincadeira, pois a Páscoa é um dia de alegria e a mesa deve representar esse momento”.

Na medida


Agregar toques de modernidade à tradição é o que indica a empresária Cleide Luniere Gomes, do Ducila Festas e Convenções. Personalização é outra atitude que ela destaca. “Vejo as pessoas inovarem demais e com isso acabar fugindo do sentido da festa. O que acho inovador é dar toques personalizados. Faz toda a diferença remeter o moderno ao tradicional, não seguir uma linha só”, afirma.

Nesse sentido, a empresária diz que a inspiração pode surgir de elementos do mundo da moda, por exemplo. “A pessoa deve estar atenta ao que é atual e transferir para a Páscoa. Usar, por exemplo, cores vibrantes, o azul que está em alta há algumas temporadas, misturar padrões de xadrez”, ensina.

Delicada tradição


A designer Alba Loureiro faz questão de criar um ambiente bonito e acolhedor para receber a família para o domingo de Páscoa. Os ovos e coelhinhos de páscoa estão por toda parte, inclusive no jardim da residência, lembrando a simbologia da fertilidade e também trazendo alegria para as crianças da família.

“Costumávamos esconder ovinhos de chocolate no jardim. As crianças amavam”, lembra.

Quanto à decoração da mesa onde todos irão celebrar a ressurreição de Jesus, Alba diz que prefere um estilo clássico, com peças em tons mais neutros, arranjos com flores do campo.

“A Páscoa tem um clima mais pitoresco, muito leve, com cores mais leves, nada muito forte. Este ano usarei uma toalha colorida, então as louças serão de limonge brancas”, conta.

A designer revela que também procura acrescentar à decoração algumas surpresinhas, pequenos mimos que surpreendam os convidados. “Embaixo do sousplat, costumo colocar algum presentinho. É uma delicadeza para que a pessoa lembre da ocasião e se sinta homenageada”, ensina Alba.