Publicidade
Entretenimento
Vida

Humor e críticas no Natal dos ‘X-Caboquinhos’

Atores experientes como Antonio Carlos Junior, Elis Marinheiro e Guta Rodrigues revezaram-se com os novatos Danilo Reis, Diego Bauer e Jéssica Amorim 24/12/2012 às 09:36
Show 1
Esquetes seguem a linha do humor nonsense e absurdo
rosiel mendonça ---

A Cia. Cês em Cena ainda é novata no cenário cultural da cidade, mas já conseguiu mostrar a que veio. Na noite do último sábado, dia 22, o palco do Teatro Direcional recebeu a versão natalina do humorístico “X-Caboquinhos”, espetáculo que foi o carro-chefe da companhia ao longo do ano e ajudou a apresentar o trabalho dos artistas ao público local.

Em cena, atores experientes como Antonio Carlos Junior, Elis Marinheiro e Guta Rodrigues revezaram-se com os calouros Danilo Reis, Diego Bauer e Jéssica Amorim. Quem assinou a direção musical foi o pianista Mikhael Rocha; Denni Sales comandou a iluminação.

Ao longo das sete esquetes apresentadas – algumas inéditas e outras devidamente contextualizadas para esta época do ano – os atores satirizaram personagens e situações do cotidiano manauara, provando que é possível fazer humor de forma autêntica, regional e popular sem recorrer aos clichês ou a performances óbvias e exageradas.

As “Jornaletes”, o cantor Zezinho Correa e o secretário Robério Braga foram alguns dos alvos do humor nonsense dos “X-Caboquinhos”. O espetáculo também apresentou uma leitura crítica em relação ao polêmico corte da árvore do Largo de São Sebastião e ao concerto de Natal “Glorioso”, promovido pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC).

NOVOS PROJETOS


Segundo um dos sócios da Cês em Cena Produções Artísticas, Antonio Carlos Junior, o projeto “X-Caboquinhos” surgiu na Virada Cultural do ano passado e acabou virando o “cartão de visita” da companhia. Depois de entrarem no Edital de Pautas da SEC e apresentarem o espetáculo em diversos espaços culturais da cidade, os atores resolveram encerrar a temporada no Teatro Direcional.

“A participação do público ao longo desse tempo foi muito boa e só mostra que o projeto terá uma vida longa. A ideia é fazer uma nova temporada no próximo ano, até porque é um trabalho que tem dado um prazer enorme em fazer”, adiantou Antonio Carlos.

De acordo com ele, os planos para 2013 incluem a inserção da produtora em outros ramos artísticos, como o cinema e a televisão, além da estreia de um espetáculo voltado ao público infantil. Outro projeto que já está em fase de produção é a peça “Panis et circenses”, comédia de humor negro com pitadas de drama escrita por Guta Rodrigues.