Publicidade
Entretenimento
Vida

Ilusionistas profissionais saem das festas infantis para ganhar o mercado

No dia 31 de janeiro é comemorado o Dia internacional do Mágico, artistas que fazem muito mais do que tirar coelhos da cartola 31/01/2012 às 12:47
Show 1
Hoje o mágico, ilusionista profissional, apresenta um visual mais moderno sem o uso de “fantasias”
acritica.com ---

Muito além das festinhas infantis como no tempo de nossos avós, quando um senhor de capa vermelha tirava coelhos da cartola, hoje o mágico, ilusionista profissional, apresenta um visual mais moderno sem o uso de “fantasias”

Trajados de ternos e gravatas, eles assumem papeis importantes perante o mercado corporativo, seja na área de treinamentos, com palestras criativas e lúdicas, ou na área de marketing, na promoção, venda e fixação de produtos com um toque de magia e encanto em suas ações.

No dia 31 de janeiro é comemorado o Dia internacional do Mágico, artistas que fazem muito mais do que tirar coelhos da cartola. Hoje é cada vez mais comum encontrar mágicos em feiras, congressos, workshops, palestras, treinamentos, lançamentos de produtos e propagandas.

A magia sempre esteve presente na história da humanidade. O homem pré-histórico desenhava animais nas cavernas, como se assim os pudessem materializar. É o que conta o ilusionista Fernando Árias

“Ao longo do tempo, o conceito de magia foi evoluindo. Hoje chamada de ilusionismo, ela ultrapassa a barreira do entretenimento, sendo muito utilizada pelos departamentos de Recursos Humanos na área de treinamentos e nas áreas de Marketing para venda e promoção de seus produtos”, relata.

Mágicos estão migrando de festinhas infantis e se especializando em entretenimento adulto, com um show bem humorado e criativo, ganhando sorriso e aplauso em grandes eventos.

Idéia originalmente trazida do exterior pelo ilusionista Fernando Árias, pioneiro no assunto no Brasil, é sucesso entre os mais diversos públicos pois é um entretenimento igualmente divertido e sadio para todas as idades, sexo ou religião.

A profissão

O ilusionismo assim como a medicina são áreas que seguem em evolução em ritmo acelerado. A pessoa que pretende se tornar mago ou maga profissional sabe que enfrentará uma tarefa árdua com muito estudo, pesquisa e treinos “Assim como em uma cirurgia não admitimos erros na arte do ilusionismo”, conta o Árias.

A arte do ilusionismo é uma das poucas profissões onde oferece uma longa vida profissional sem limites de idade dando mais respeito e credibilidade com o passar dos anos.

Dentro da arte do ilusionismo esse profissional pode se especializar em diversas áreas como Escapismo, Cartomagia, Manipulações, Palestras e Treinamentos, Marketing e Vendas, Mentalismo,  Grandes Ilusões, Stand-up , Close-up , SIPAT  e entertainner .

A data

A data é em homenagem a São João Bosco, padroeiro dos mágicos, que, segundo a tradição, era também um mágico. Quando era jovem, o religioso ajudava nas despesas da família trabalhando como acrobata, malabarista e mágico.

Após as apresentações, ele repetia a homilia que havia escutado na igreja pela manhã e convidava os presentes a rezar o terço. Dom Bosco morreu em 31 de janeiro de 1888 na cidade de Turim, na Itália, e foi canonizado em 1934 pelo papa Pio XI.