Publicidade
Entretenimento
Vida

Inovação lírica marca Festival Amazonas de Ópera

A última apresentação da ópera ‘A Flauta Mágica’ acontece neste domingo, 20, a partir das 19h 18/05/2012 às 08:21
Show 1
O 16º Amazonas Festival de Ópera (FAO) ocorre de 20 de abril a 27 de maio
Mellanie Hasimoto ---

Falta menos de dez dias para o encerramento do 16º Festival Amazonas de Ópera, e a Secretaria de Estado de Cultura (SEC) já faz um balanço sobre a edição deste ano. De acordo com o titular da SEC, Robério Braga, em 2012 houve excelência do ponto de vista técnico. Para encerrar a programação, acontece neste domingo a última apresentação da ópera “A Flauta Mágica”, de Mozart, no Largo São Sebastião. “O Festival Amazonas de Ópera, este ano, foi tecnicamente excelente, mas também conseguimos manter a linha que já estávamos fazendo há algum tempo, com uma programação que agradou a todos os públicos. Tivemos um título audacioso como ‘Lulu’, um de apelo popular como ‘A Flauta Mágica’, os espetáculos gratuitos em Manacapuru e em Rio Preto da Eva”, destacou Robério Braga.

Talento local
Outro ponto importante, em sua avaliação, foi a crescente participação de artistas locais em papéis de relevância durante as montagens. “Além do destaque no palco, artistas como Jair Jacqmont e Marcos Apolo fizeram cenografia de forma inovadora. A parceria com uma produtora norte-americana, para a montagem da ‘Flauta’ também foi importante”, ressaltou. Para Braga, importante ainda foi manter os investimentos na mesma faixa - R$ 5 milhões. “Os investimentos estão estabilizados, principalmente pela manutenção da nossa Central Técnica de Produção (CTP), com uma equipe de produção - que vai desde costureiras a sapateiros, passando por maquiadores e cabeleireiros -, que vem sendo aprimorada ao longo dos anos. Isso tudo baixa os custos”, comemorou.

“São Paulo faz a montagem de uma obra com o orçamento que realizamos o festival inteiro”. O sucesso do festival é refletido na bilheteria, que teve diversos espetáculos esgotados dias antes das apresentações. “Espetáculos com ingressos esgotados não são impossíveis, ainda mais considerando que colocamos ingressos com valores entre R$ 2,50 para estudantes até R$ 80. Há muitos turistas, mas o maior consumo é local”, pontuou. A ópera que encerra a programação de apresentações das obras, “A Flauta Mágica”, foi concebida pelo diretor geral e artístico da Opera Company of Philadelphia, Robert Driver. A apresentação deste domingo será em português, gratuita, na praça do Largo São Sebastião.

Catálogo
Para quem quer guardar uma lembrança física do festival, o catálogo deste ano pode ser adquirido na loja do Teatro Amazonas (preço sob consulta). Com informações técnicas e artísticas sobre as obras, o livro traz a lista dos artistas que participaram das montagens, além da história por trás de cada montagem. “E tem gente até fazendo coleção”, acrescentou o titular da SEC.