Publicidade
Entretenimento
Comércio Eletrônico

Internet dá aquela mãozinha na hora de escolher e comprar presentes para as mães

Compras pela internet  são boa pedida para quem não tem tempo de ir às compras em lojas e shoppings e quer aliar bons preços a produtos diversificados 10/05/2012 às 16:21
Show 1
Helder Comitre sempre compra pela internet e já garantiu o presente da mãe
acritica.com Manau

Mães que amam utilidades domésticas, mães que são loucas pelas novidades em produtos de beleza, além das apaxionadas por flores. Na correria do dia a dia, nem sempre dá para os filhos conseguirem um tempinho para irem a lojas e shoppings atrás de um presente que seja a cara da mãe.  De olho neste público, a oferta de produtos disponibilizados pelo comércio eletrônico é cada vez maior e mais diversificada.

O analista de sistemas Helder Comitre,27,  conhece muito bem as facilidades de comprar pela internet. Até por atuar na área, ele conhece e aponta as vantagens de adquirir artigos pela web. “ Eu já compro pela internet há uns quatro anos. Tenho o costume de pesquisar bem antes de comprar qualquer produto”. Helder também prefere comprar pela web pelo conforto de não precisar sair de casa ou do trabalho para enfrentar lojas lotadas, principalmente em datas comemorativas.

Helder aponta fatores como a segurança e a praticidade como grandes aliados do comércio eletrônico.  O Dia das Mães é a segunda data mais importante para o comércio brasileiro ficando atrás apenas do Natal.  O aumento de 30% nas buscas por produtos específicos para mulheres chamou a atenção dos sites especializados em vendas pela web.  O site de compras http://www.shopbot.com.br revela segredos para economizar nas compras e como encontrar presentes criativos para surpreender.  Além disso,  preparou um espaço exclusivo com as principais categorias.

Para o especialista Ricardo Bove, o primeiro passo para acertar na escolha do presente é identificar o perfil da mãe.  Helder conta que a mãe dele, Djanira Comitre,51, é bem vaidosa e ama ganhar produtos de beleza. “ Eu sempre compro presentes que ela vai usar bastante curtir. O deste ano eu já comprei”, diz.

O brasileiro está mais seguro em usar esta modalidade de compra. O mercado eletrônico movimentou cerca de R$ 19 bilhões em 2011 e já prevê um aumento de 25% no faturamento até dezembro.