Publicidade
Entretenimento
Buzz

Irmã de Kim Kardashian retira apoio ao PETA após ataque de farinha

A socialite escreveu em seu blog, que a mulher responsável pelo ataque a sua irmã é ligada à entidade de defesa dos animais 27/03/2012 às 11:03
Show 1
Khloe Kardashian e Kim Kardashian
uol/celebridades ---

Khloé Kardashian retirou seu apoio ao PETA (People For Ethical Treatment of Animals) em reposta ao ataque com farinha sofrido por sua irmã Kim durante um evento na última quinta-feira (22).

A socialite escreveu em seu blog, que a mulher responsável pelo ataque a sua irmã é ligada à entidade de defesa dos animais, ainda que o PETA negue. “O PETA não apenas mentiu para o público, mas mostrou que apoia este tipo de comportamento”, escreveu.

Khloé, que apoiava a entidade e chegou a protagonizar uma campanha totalmente nua, manifestou seu descontentamento com o método utilizado pela mulher, que chamou de “bullying”: “Tenho apoiado o PETA há muito tempo, mas também tenho falado bastante contra o bullying, então isto é uma grande decepção para mim”.

A empresária afirmou que, pessoalmente, não usa peles, mas que “isso não significa forçar suas visões sobre as outras pessoas, especialmente em um ato de violência”. “Não apoio mais o PETA. Bullying e violência nunca são uma solução, e eu não farei parte de uma organização que pensa de outra forma”, continuou.

Apesar de negar qualquer ligação com a mulher que atacou Kim Kardashian, o PETA afirmou que irá se dispor a pagar as despesas dela caso venha a enfrentar um processo. Ela já manifestou intenção de prestar queixas contra a agressora.