Publicidade
Entretenimento
Vida

Irmãos Piologo são atrações de Festival de Cultura Pop

Se você tem acesso a uma conexão de Internet certamente, alguma vez, já se deparou com uma das animações de Ricardo e Rodrigo 25/08/2012 às 12:29
Show 1
Ricardo junto do irmão Rodrigo, produz, dirige e faz a voz dos personagens
Mellanie Hasimoto Manaus

Fazer humor exclusivamente na Internet pode ser uma via de duas mãos: pode viralizar e agradar muita gente, ou pode não ser compreendido. E é nesse fogo cruzado que os irmãos Piologo vivem. Ricardo e Rodrigo – ao lado do diretor Rogério Vilela – são as mentes por trás do Mundo Canibal, site de humor  extremamente politicamente incorreto, diga- se de passagem, que faz sucesso entre jovens e adultos de todo o Brasil. E eles vêm a Manaus para participar do Anime Jungle Party, que acontece no próximo mês, no Clube do Trabalhador do Sesi.

Avaiana de Pau, Bonequicha, Bob Psicótico, Donizete, Carlinhos, Tomelirolla e Chuq Nóia. Se você tem acesso a uma conexão de Internet certamente, alguma vez, já se deparou com uma dessas animações. Com mais de 100 personagens criados, os irmãos Piologo não têm limite quando estão fazendo o seu trabalho. “Mas o humor é muito particular. Eu posso não gostar de uma coisa, você pode gostar de outras, mas no final, brincamos com tudo e com todos, sem distinção”, ressalta Ricardo. Eles só não fazem nada com sexo explícito e sobre o uso de drogas, por conta do público infantil que, querendo eles ou não, acaba caindo no site.

Sem lição de moral

Apesar de fazerem humor negro, as animações do Mundo Canibal, geralmente, apontam a hipocrisia que existe no ser humano. “Quando tem gente que reclama, que acha pesado algum vídeo, nós sempre apontamos que essa mesma pessoa que se ofendeu com algo já riu de todos os outros vídeos. Fazemos nosso trabalho para divertir sem lição de moral, mas tem gente que leva as coisas mais a sério do que deve, que pensa em coisas que nem passaram pela nossa cabeça”, disse.

Sempre focando na animação como ponto principal do seu trabalho, os artistas levam, em média, um mês para finalizar um vídeo. “O Rodrigo, que é quem desenha, faz o processo tradicional de animação, que é fazer o storyboard no papel, escanear, colorir no computador, animar. Dá muito trabalho, não tem nada de Ctrl+Alt+aleluia não!”, riu. “Só porque o site é uma zona, todo mundo acha que a gente faz as coisas de qualquer jeito. Não é bem assim, nós acordamos cedo, às 8h, e trabalhamos direitinho até as 17h”, esclareceu.

E, para que os fãs não reclamassem tanto da demora, os artistas mostram a cara. Eles protagonizam os vídeos do Mundo Canibal Filmes, que incluem o Video Shock e as Dicas, sucesso entre o público. Outro que surgiu para preencher espaços e que acabou fazendo muito sucesso é o ParTOBA, cujas imagens mostram gente se dando mal em quedas homéricas e é uma brincadeira com o Le Parkour, esporte que utiliza o espaço urbano como acessório.

Nesse quesito, a participação do público é intensa. “Lemos todos os emails, vemos os vídeos que indicam e separamos para mostrar no ParTOBA. Nossa intenção é nos divertir fazendo o que gostamos”, finalizou Ricardo.