Publicidade
Entretenimento
Buzz

José Aldo nos cinemas

Em passagem por Manaus, o esportista amazonense conversa sobre a produção cinematográfica. O nome provisório do filme é "Vale Tudo - Uma história de Luta" 04/02/2012 às 08:46
Show 1
O lutador será interpretado pelo também amazonense Malvino Salvador
Rafael Seixas Manaus

Gritos, emoção, inspiração, fotos e mais fotos. A premissa de que toda terra precisa de um herói caiu como uma luva no menino amazonense de infância pobre, hoje dono do cinturão dos pesos-pena do UFC (Ultimate Fighting Championship) e um dos maiores lutadores do mundo. José Aldo, em sua passagem por Manaus, nesta sexta-feira (4), trouxe, além de sua simpatia, carisma e humildade, a certeza de que se é possível realizar qualquer sonho quando se tem força de vontade. Parte da história desse guerreiro estará no filme “Vale Tudo - Uma história de luta” (título provisório), que terá como protagonista o ator amazonense Malvino Salvador.

A produção terá direção e roteirização de Afonso Poyart, famoso pelos longas-metragens “Eu te darei o céu” e o recente “Dois coelhos”, sucesso de público e crítica. Para Aldo, será uma honra ter Malvino lhe interpretando. “Quando soube da possibilidade do filme, disse que se tinha um cara que eu gostaria que me interpretasse era o Malvino. Antes de saber que também era amazonense, eu já era fã do trabalho dele”, diz.

E não pense que será apenas exibida a ascensão de José Aldo, porque “Vale Tudo - Uma história de luta” reunirá vários gêneros, por isso espere para ver, além de lutas, trechos engraçados e o romance do lutador com sua esposa, Vivianne Pereira Oliveira – que está grávida do primeiro filho.

Momentos

Algumas histórias que possivelmente estarão no longa é a chegada dele ao Rio de Janeiro, onde saiu do aeroporto Santos Dumont e caminhou com sua mala, na mão, por quilômetros até chegar a seu destino; e da palmatória que levou para conseguir se inscrever num campeonato, em busca de patrocínio – coisas que ele relembra com bom humor.

De acordo com o campeão, o carinho que recebe das pessoas lhe motiva a chegar à academia e dar o seu máximo. “Quero mandar um beijo para todo mundo que acredita no José Aldo, que também está lutando por vocês (amazonenses)”. A co-produção é das produtoras ViraLata Filmes e Black Maria. A distribuição será da Paris Filmes. O filme será rodado em 2012 para ser lançando no 1º semestre de 2013.