Publicidade
Entretenimento
Vida

Jovens designers foram destaque da Fashion Rio 2012

Talentosos e cheios de gás, os jovens designers saíram de seus ateliês para encarar um desafio maior do que criar roupas: ser reconhecidos como estilista no Brasil 12/11/2012 às 08:41
Show 1
A dupla Ana Wambier e Daniela Sabbag causaram verdadeiros buchichos nos corredores da Fashion Rio 2012
Luana Ribeiro/Enviada Especial Rio de Janeiro, RJ

Eles foram destaque no Fashion Rio 2013 em uma semana repleta de grandes nomes da moda e deram uma mostra do que pode vir no futuro para o cenário no Brasil. Anote aí: Sann Marcuccy, Anna Wambier e Daniela Sabbag . Você ainda vai ouvir – se já não ouviu - falar desses nomes.

Talentosos e cheios de gás, os jovens designers saíram de seus ateliês para encarar um desafio maior do que criar roupas: ser reconhecido como estilista no Brasil.

Destaque

 Foi assim com o designer brasiliense Sann Marcuccy, que com sua grife homônima foi premiado pela quarta vez durante o Fashion Rio, no 17º Prêmio Rio Moda Hype, evento que dá destaque para jovens talentos brasileiros. Com público cativo já em Brasília, onde ficou conhecido pelos seus glamurosos vestidos de festa, Sann conquistou clientes fiéis em São Paulo, Minas Gerais, Recife e Ceará, desde a primeira vez que participou do desfile pra cá. E tem tudo para cativar mais. A qualidade dos cortes e tecidos de suas criações estão aí para provar.

“Já estou há cinco anos no mercado e para mim participar do desfile significa muita coisa, no sentido de experiência. A marca amadureceu muito nesse tempo e alcancei mais 13 pontos de venda no Brasil. Para mim é um grande passo”, avalia.

A dupla Ana Wambier e Daniela Sabbag, da marca carioca Wasabi, fez a estreia na semana de moda carioca com o pé direito e ganhou destaque no evento. Enquanto as modelos desfilavam na passarela pela Wasabi, só se ouvia elogios no público formado por jornalistas e fashionistas.

A grife foi elogiada pelo trabalho refinado e elegante, e comparada a nomes fortes no mercado como Huis Clos e Maria Bonita. Grandes multimarcas de São Paulo, Vitória e Belém já apostam na Wasabi e exibem suas peças nas vitrines. Não é a toa que o stand da marca no Rio-à-Porter, salão de negócio que reúne lojistas e estilistas, era um dos mais movimentados.

Desafio

Para Sann Marcuccy o principal desafio para se firmar como estilista no Brasil é entender o mercado. “A moda brasileira não é fácil para ninguém, nem para as grandes marcas. Vemos muitas grifes que fizeram sucesso nos anos 80 e 90 e estão falindo, sendo vendidas para grande grupos e sem mais o controle do estilista. É preciso fazer seu trabalho dentro de sua identidade e design, ao mesmo tempo respeitando e vendo o que o público quer”, opina.

Na opinião do idealizador do Prêmio Rio Moda Hype, Robert Guimarães, a qualificação é essencial para um jovem estilista se destacar nesse cenário. “Muitos estilistas já passaram pelo Prêmio Rio Moda Hype e hoje estão em um lugar de destaque no mercado. O que vai diferenciar cada profissional é o olhar diferenciado, o diálogo que ele faz entre as tendências e a cultura de moda”, finaliza.

*A repórter viajou a convite do Fashion Rio