Publicidade
Entretenimento
Buzz

Kim Kardashian comenta guerra entre Israel e Palestina no twitter

A modelo e socialite foi 'massacrada' pelos internautas após escrever um tweet sobre a guerra entre Israel e Palestina 17/11/2012 às 16:13
Show 1
Kim Kardashian
acritica.com Manaus

Kim Kardashian escreveu no microblog Twitter a seguinte frase: “Rezando por todos em Israel”. Mas logo em seguida foi censurada por muitos seguidores.

A modelo e socialite americana recebeu uma enxurrada de críticas no Twitter, nesta sexta-feira, depois de ter feito este comentário sobre a guerra entre Israel e Palestina.

Um deles dizia: “Você é uma desgraça para o seu povo e dos seus antepassados”, referindo-se à origem armênia de Kim. Outro disparou: “Pessoas como você são a razão de eu querer morrer #Palestina”. Outros ainda traziam mensagens como “Morra no inferno” e “Mate-se”.

Aterrorizada com as mensagens de ódio, Kim se apressou em escrever outro tweet: “E rezando por todos na Palestina e no mundo todo”. Pouco tempo depois, a socialite apagou seus dois comentários e divulgou um comunicado através de seu site, que dizia:

“Quero explicar que hoje cedo enviei dois tweets sobre orações para o povo na Palestina e em Israel e, depois de ouvir meus seguidores, decidi apagar os tweets porque percebi que algumas pessoas ficaram ofendidas e machucadas pelo que eu disse, e por isso eu peço desculpas. Eu deveria ter explicado minhas intenções por trás desses tweets quando os publiquei. O fato é que, independentemente de crenças religiosas e políticas, há incontáveis inocentes envolvidos que não tiveram escolha, e eu rezo por todos eles e também por uma solução. Também rezo por todas as outras pessoas no mundo todo que estiveram ou estão em semelhante fogo cruzado. Pensarei melhor antes de abrir a boca da próxima vez, Kimmy.”