Publicidade
Entretenimento
Vida

Livro 'Memórias da Loucura' reúne obras de artistas que trabalharam no Eduardo Ribeiro

O livro, organizado por Rosângela Aufiero, Monique Marie Rothen e Socorro Refkalefsky, reúne 103 quadros pintados por pacientes do hospital durante o período dessas atividades 19/12/2012 às 08:57
Show 1
O livro será lançado no Espaço Cultural Valer
a crítica Manaus, AM

O auditório do Espaço Cultural Valer (localizado na avenida Ramos Ferreira, 1.195, Centro) será palco, na tarde desta quarta (19), para o lançamento do livro “Memória da Loucura”, organizado por Rosângela Aufiero, Monique Marie Rothen e Socorro Refkalefsky.

Na obra, o trio retrata a história de um grupo de artistas – Socorro inclusa – que passou a trabalhar no Centro Psiquiátrico Eduardo Ribeiro, realizando atividades como teatro, dança e desenho, entre outras. “Ele começa na década de 1980 e vai até a de 1990. Naquele momento, pouquíssimos Estados brasileiros tinham aberto os manicômios à arte e o Amazonas fez isso, antes de muitos”, lembrou Socorro, que é atriz e arteterapeuta.

O livro reúne 103 quadros pintados por pacientes do hospital durante o período dessas atividades. “A partir do momento em que você consome arte e cultura, você passa a falar, discutir e questionar sobre, isso você seja portador de sofrimento psíquico ou não. O seu olhar crítico vai existir”, destacou a atriz.

“Pode parecer clichê, mas a arte é realmente um elemento de transformação social. Estão aí os mil projetos comunitários e sociais mostrando isso: as pessoas se vendo como cidadãs através dessas experiências artísticas”, completou a psicóloga Rosângela.

O lançamento, agendado para começar às 17h, contará com a participação de Tenório Telles e Ana Maria Marques, ex-diretora do Eduardo Ribeiro, além de alguns dos artistas-pacientes.

Exposição

Quer saber mais sobre esses trabalhos artísticos retratados em “Memória da loucura”? É só conferir a mostra que está rolando na Galeria do Largo (localizada na Rua Costa Azevedo, 290, Centro). A exposição conta com 45 obras produzidas na década de 1980 pelos pacientes do hospital, com curadoria de Otoni Mesquita.

“A mostra está sendo um sucesso. Ela foi inaugurada no dia 11 de outubro e já temos mais de 1.300 visitações”, apontou a psicóloga. A exposição segue até o dia 30 deste mês e pode ser conferida de terça-feira a domingo, das 17h às 21h. A entrada é gratuita.

Serviço

o que é: Lançamento do livro “Memória da loucura”

onde:  Espaço Cultural Valer, altos da Livraria Valer, na avenida Ramos Ferreira, 1.195, Centro

quando: Nesta quarta (19), a partir das 17h