Publicidade
Entretenimento
Vida

Locais tradicionais de Manaus ganham roupagem nova

Em sua terceira edição, o maior evento de arquitetura, decoração, design e paisagismo das Américas serve de cenário, também, para casas tradicionais de Manaus ganharem uma nova aparência 20/10/2012 às 11:44
Show 1
Com cores em tons claros e amplo espaço como principais características, a Cantina Ghiotto é a pedida perfeita para um bom programa em família
Gabriel Machado ---

Mesmo sendo formada – em sua maioria – por diversos ambientes inéditos, idealizados e executados pelos grandes arquitetos da região, não são apenas deles que se vive a Casa Cor Amazonas. Em sua terceira edição, o maior evento de arquitetura, decoração, design e paisagismo das Américas serve de cenário, também, para casas tradicionais de Manaus ganharem uma nova (e moderna!) roupagem.

Neste nicho, encontra-se uma das mais famosas pizzarias da cidade: a Cantina Ghiotto. Inaugurado há quase dez anos, o restaurante ganhou uma cara nova ao adentrar o Centro Cultural Povos da Amazônia, cortesia de Jean Farias dos Santos.

Além da pizzaria, o Tacacá da Gisela, outro pioneiro em Manaus, também é destaque na mostra. Conhecido ainda pelo projeto musical “Tacacá na Bossa”, o famoso quiosque do Largo de São Sebastião recebeu uma repaginada pelos toques de Emília Leiros.

Sustentabilidade

Apoiando a causa ambiental, na área interna da Casa Cor, o Office do Arquiteto Sustentável apresenta um verdadeiro leque de opções criativas para decorar o seu escritório. Viviane Melo, Márcyo Nery, Margloris Marin e Suelen Coêlho assinam o ambiente.

Ideias

No segundo andar, vale conferir os espaços #24 e #25. O primeiro, intitulado Hall dos Banheiros Públicos, serve como vitrine para o que há de mais moderno no quesito azulejo, escolhido a dedo por Leila Barakat. Já o segundo, realizado por Aires Manuel dos Santos Fernandes, Hellyneid Fiuza, Marlúcia Cardoso, Regina Máximo e Micael Silva, equivale aos banheiros públicos do piso.

Gazeba

Ao passear pela área externa do Centro Cultural Povos da Amazônia, um ambiente não passa despercebido: o Gazebo. Projetado por Nayara Holanda, o espaço chama a atenção por ser todo blindado por vidros e por seu belíssimo jardim.