Publicidade
Entretenimento
Buzz

Madonna volta a mostrar o bumbum em show e leva público de Milão ao delírio

O público da popstar, que esgotou os 55 mil ingressos postos à venda para a apresentação foi ao delírio com performance 15/06/2012 às 16:37
Show 1
A cantora Madonna durante show em Istambul, na Turquia
uol/musica ---

Depois de espantar as muçulmanas de seu show em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, mostrar um mamilo em Istambul e o bumbum em Roma, Madonna resolveu repetir o expediente em Milão, onde chegou com sua turnê "MDNA", a mesma que passará pelo Brasil em dezembro deste ano. O público da popstar, que esgotou os 55 mil ingressos postos à venda para a apresentação ocorrida nesta quinta-feira (14), foi ao delírio.

A ousadia programada da diva foi entre as canções "Human Nature" (em que ela diz que não sente muito por ter falado sobre sexo) e "Like A Virgin", apresentada em uma linda versão lenta ao piano. Após tirar a camisa e ficar só de sutiã, Madonna baixa as calças e mostra uma calcinha cavada coberta por uma meia arrastão. Nas costas, uma tatuagem falsa com a inscrição "No Fear" (sem medo).

O show começou com meia hora de atraso. A cantora subiu ao palco montado no estádio San Siro por volta das 22h (17h no horário de Brasília) e abriu o concerto com uma catedral gótica servindo de cenário para a performance do hit "Girl Gone Wild", o segundo single do álbum "MDNA" lançando neste ano.

Em seguida, ela engata "Revolver" e "Gang Bang", esta última também do disco novo, que leva o público ao delírio quando a diva "mata" o amante com um tiro na cabeça, assim como diz a letra da música. Outro momento de ovação do primeiro bloco é durante a apresentação de "I Don´t Give A", em que a rapper Nicky Minaj aparece no telão e diz que "há a apenas uma rainha e ela se chama Madonna". O estádio vem abaixo.

O setlist é o mesmo de todos os shows e traz grandes hits como "Papa Don´t Preach", "Open Your Heart", "Vogue" e "Express Yourself", em que ela provoca Lady Gaga emendando seu sucesso com "Born This Way" e " She´s Not Me" (ela não sou eu).

Do disco novo, estão presentes "I´m Addicted", "Give Me All Your Luvin´", "I´m A Sinner" e "Masterpiece", trilha do filme "W.E." dirigido por Madonna. E para os fanáticos, a cantora colocou até "Cyber Ragga", um lado B que só foi lançado na versão australiana do álbum "Music", de 2001.

Quem abriu o show foi o DJ francês Martin Solveig, um dos produtores do álbum "MDNA". Na plateia, além de fãs histéricos, a estilista Donatella Versace, cuja grife já vestiu Madonna diversas vezes.

O show se encerrou com "Like A Prayer" e "Celebration", ambas com a participação de Rocco, filho da cantora com o cineasta Guy Ritchie.