Publicidade
Entretenimento
Buzz

Mãe de Michael Jackson retorna a Los Angeles depois de suposto sequestro

Katherine havia sido levada para o Arizona por seu filho, Randy, apoiado por um grupo de irmãos, no que parece ser um esquema para forçar a matriarca a afastar os administradores do espólio do cantor 25/07/2012 às 12:14
Show 1
Paris Jackson e a avó Katherine participam de homenagem à Michael Jackson
uol/celebridades ---

A mãe de Michael Jackson e guardiã legal dos três filhos do cantor, Katherine Jackson, está retornando a Los Angeles depois de 10 dias longe dos netos, no Arizona. As informações são do site especializado em notícias de celebridades TMZ.

Katherine havia sido levada para o Arizona por seu filho, Randy, apoiado por um grupo de irmãos, no que parece ser um esquema para forçar a matriarca a afastar os administradores do espólio do cantor.

No entanto, na manhã desta quarta-feira (25), Randy falou ao programa de TV "Good Morning America", da rede norte-americana ABC, para dizer que sua mãe estava retornando para casa.

Ele também explicou o que foi noticiado como uma tentativa de tirar Prince (15), Paris (14) e Blanket (10) de casa. Segundo Randy, ele e alguns irmãos foram à casa das crianças para dizer que poderiam falar com a avó e visitá-la quando quisessem, mas a situação teria saído do controle devido a intervenção dos administradores do espólio de Michael, John Branca e John McClain, que Randy acusa de terem falsificado o testamento do cantor.

Especula-se que quatro irmãos de Michael, Randy, Jermaine, Janet e Rebbie, estejam interessados na pensão de US$ 86 mil que Katherine recebe do governo para cuidar dos três filhos do cantor. Uma carta assinada pelos quatro irmãos citados acima e também por Tito, chegou a ser enviada, exigindo que os representantes do espólio de Michael Jackson abram mão de suas posições. No entanto, Tito voltou atrás nesta terça (24). "Eu retiro totalmente minha assinatura da carta do dia 17 de julho enviadas aos representantes do espólio de Jackson".