Publicidade
Entretenimento
Vida

Malvino Salvador vira garoto-propaganda para salvar animais

O ator fez fotos para a campanha “Adote, não compre”, da ONG ComPaixão Animal. Na ocasião, ele falou com exclusividade a reportagem 29/07/2012 às 11:58
Show 1
Malvino mostrou intimidade com os cães durante a sessão de fotos para a campanha. Na imagem, ele abraça um cão que foi resgatado depois de ter perdido uma de suas patas
Felipe de Paula Manaus (AM)

A Campanha “Não Compre, Adote”, da ONG amazonense ComPaixão Animal, acaba de ganhar um garoto-propaganda de peso. O ator Malvino Salvador literalmente vestiu a camisa do movimento, que pretende sensibilizar a sociedade quanto ao abandono de animais de estimação e incentivar a adoção dos pets resgatados pela ONG e por agentes públicos. Nesta semana, o ator participou de uma sessão de fotos para a campanha e falou com exclusividade à reportagem de A CRÍTICA: “Eu adoro animais, sempre gostei!”, revelou ele.

Para Malvino, a iniciativa é “louvável”, pois retribui aos bichinhos o amor que eles sentem e manifestam por nós. “Da mesma forma que nós queremos o carinho dos animais quando a gente precisa, e eles dão, eles também precisam muito do nosso carinho”, disse ele, lembrando ter tido vários cachorros quando morava em Manaus. No Rio de Janeiro, onde mora atualmente, ele conta que isso ainda não é possível.

“Eu moro em apartamento. Não adianta você ter um cachorro e não ter espaço e nem tempo pra ele”, adverte o ator, que também recomenda a adoção de cães ao invés da compra, sejam eles “vira-latas” ou mesmo com alguma deficiência. “O sentimento que temos por eles é universal”, conclui Malvino.

Iniciativa

Segundo a vice-presidente da ONG ComPaixão Animal, Ariana Veríssimo, o objetivo da campanha é incentivar a adoção como alternativa à compra. “Animais sem raça definida ou com alguma deformidade sofrem muito preconceito. Queremos mostrar às pessoas que eles vão receber o mesmo amor destes animais”, diz ela.

Tratamento

Em menos de um ano de atividade, a ONG já resgatou cerca de 400 animais, sempre com recursos próprios. Encontrados muitas vezes em estado debilitado, eles são tratados, vermifugados e castrados - já que a reprodução pode alastrar o problema - para, só depois, encontrarem um dono nas feiras de adoção da entidade, que acontecem de duas em duas semanas, sempre aos sábados (ver saiba). Mesmo depois de adotados, eles são acompanhados pelos voluntários da ONG para averiguar se a adoção foi bem <br/>sucedida.

Estimativa

Segundo o diretor do Centro de Zoonoses da Semsa (Secretaria Municipal de Saúde), Fransico Zardo, não há números exatos da quantidade de animais abandonados em Manaus, mas a estimativa é de que esse número esteja por volta de 80 mil indivíduos. O veterinário alerta também para os dez mandamentos da guarda responsável (você pode checar na Internet) e diz que a adoção é saudável não só para o cão resgatado, mas para a saúde da população. “A possibilidade de um cão abandonado disseminar doenças é muito grande”, diz ele.

A história e um sonho

A ONG ComPaixão Animal não é contra a venda de animais domésticos, mas incentiva a adoção como uma alternativa ante o sofrimento de tantos bichos abandonados. Mas, curiosamente, foi comprando o poodle Johnny, hoje com dez anos, que a comerciante Jaqueline Canizo, presidente da ONG ComPaixão Animal, se envolveu com toda essa história de adotar e intermediar adoções de pets.

Ela conta que Johnny foi diagnosticado com epilepsia e passou a receber cuidados especiais. Foi quando ela começou a perceber o tamanho da dependência daquele animal, que dava em amor e carinho à medida do que recebia em cuidados. “Eu olhava para os cães abandonados na rua e pensava nele”, diz Jaqueline, que começou a cuidar de alguns deles na calçada da  própria casa, junto com a filha Saskya. Hoje, eles são 78 voluntários e mais de 200 amigos na página do Facebook, mas os recursos ainda são poucos para o tamanho do sonho do grupo: ver Manaus sem animais abandonados.

Atividades

A ONG ComPaixão Animal realiza feiras em vários pontos da cidade para adoção de animais resgatados das ruas.

Depois de tratamento específico para cada caso, vermifugação e castração, eles são encaminhados aos seus novos donos.

Para se informar sobre as feiras, basta buscar por Compaixão Animal no Facebook.

Na feiras, é necessário a presentação de comprovante de residência, pois, depois de adotodos, os animais são acompanhados pela ONG.

Contato: compaixao animal@ gmail.com

Mercado Pet em ascensão

PetEx banho & tosa móvel

O segmento de pets está em pleno desenvolvimento no mercado manauara. Na economia, quando isso acontece, é sinal de que boas ideias – importante diferencial num cenário competitivo – estão prestes a dar o ar da graça. É o caso da PetEx Banho e Tosa Móvel: a partir de um conceito de petshop itinerante e por um preço não muito acima do padrão, oferece serviços como banho e tosa, hidratação, tonificação, tosa personalizada e até tatuagem canina. A pouco mais de um mês, a super van, customizada com motivos e repleta de acessórios e produtos de higiene e beleza animal, está fazendo a festa dos bichinhos e dos donos que preferem um serviço mais exclusivo e sem sair do conforto do lar.

Cerveja para cães

Dizem que o cão é o melhor amigo do homem. E se você não resiste a uma boa cervejinha com os amigos, o único que ainda não podia fazê-lo já não tem tais restrições. A marca Dog Beer acaba de lançar a primeira cerveja canina do Brasil, fabricada nos mesmos moldes da cerveja comum, mas sem álcool e gás carbônico, que poderiam causar embriaguez e mal estar nos animais. Disponível no sabor carne e frango, a gelada é rica em nutrientes e remete às características da cerveja para humanos. Em Manaus, o produto deverá chegar até o fim de agosto. Mais informações no site www.dogbeer.com.br