Publicidade
Entretenimento
Vida

Manaus já está no Sistema Nacional de Cultura

Desde março, quando o prefeito assinou o termo de adesão, a capital amazonense passou a fazer parte do Sistema Nacional de Cultural e essa adesão traz para a cidade o reconhecimento da cultura local e a abertura de canais para futuros convênios com o Fundo Nacional de Cultura. 28/09/2012 às 15:57
Show 1
Reunião de implementação do Plano Nacional de Cultura
acritica.com Manaus (AM)

Teve início em Manaus o processo de análise das propostas do Plano Municipal de Cultura, documento que irá orientar as políticas públicas para o segmento cultural, bem como a aplicação de recursos para o setor no município, nos próximos 10 anos.

O Núcleo Executivo, formado por integrantes do Conselho Municipal de Cultura (Concultura) e Fundação Municipal de Cultura e Artes (Manauscult), analisa as ações sugeridas pelos diversos segmentos artísticos que atuam no cenário local e as Universidades, entre outras instituições, em  consonância com o Sistema.

Jaime Pereira, coordenador geral do plano, chamou a atenção para a importância de alinhar o planejamento estratégico do município com o enfoque federal, sem, no entanto, estar limitado a ele.

“Cada estado ou município tem que adequar o Plano de Cultura e respectivas metas à realidade local, estabelecendo as necessidades e prioridades de cada região. Queremos aumentar a circulação e a frequência de roteiros culturais na cidade. Entre essas metas temos a criação de espaços para apresentações musicais, de peças teatrais, a formação de mão de obra para a cadeia produtiva da cultura entre outras”, afirma Jaime.

Ainda de acordo com Jaime Pereira, o resultado das discussões é positivo e foi obtido como fruto de três aspectos principais: a intensa participação social, a consultoria técnica realizada pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e o envolvimento da gestão municipal.

“Esse plano tem alguns passos a serem seguidos. Vamos valorizar a diversidade cultural da cidade, desde o patrimônio natural até o imaterial. Estamos ouvindo as categorias que colaboram ao seu tempo”, ressalta.

Contribuições

De acordo com o consultor técnico do Plano pela UFBA, Ewerton Almeida, uma das contribuições fundamentais dos agentes culturais locais tem sido o fomento das ações. “Os grupos têm apresentado propostas para fomentar a cultura a partir da circulação e do aumento de difusão das atividades pelos bairros, além de incentivar o crescimento da quantidade de munícipes nessas atividades”, destaca.

Márcio Braz, membro do Conselho Municipal de Cultura, afirma que entre os benefícios da implementação do Plano estão as ações sendo levadas para as áreas periféricas da cidade e a formação de artistas nas escolas públicas. “Sentimos a necessidade da criação de corpos artísticos. A turma do teatro vem se organizando cada vez mais, colocando mais espetáculos à disposição da população e é dentro das escolas que vemos um potencial imenso de novos artistas. Com o plano que poderemos explorar esse potencial”, aposta Márcio.

Assim que a análise for concluída, o Plano Municipal de Cultura será encaminhado à Câmara Municipal de Manaus para aprovação. O prazo estipulado pela comissão é março de 2013.