Publicidade
Entretenimento
Vida

Mariana Godoy cativa público com entrevistas e reportagens variadas na televisão

Além do bate-papo no estúdio, com presença de plateia e da participação dos internautas, ela também vai às ruas fazer reportagens. O programa vai ao ar toda sexta-feira na Rede TV 05/10/2015 às 13:22
Show 1
Jornalista comemora nova fase com programa na Rede TV!
LÍDIA FERREIRA Manaus (AM)

Ney Matogrosso, Ângela Maria, Padre Fábio de Mello, o ex-ministro Supremo Tribunal Federal (STF), Carlos Ayres Britto, todos já estiveram tête-à-tête com Mariana Godoy em seu programa de entrevistas na Rede TV! E apesar do glamoroso sofá que foi da apresentadora Hebe Camargo e do jeito delicado da jornalista, temas polêmicos fazem parte do roteiro.  “Eu participo de todo processo, se precisar, eu mesma ligo para marcar a entrevista, almoço com assesor, aperreio mesmo para conseguir a agenda”, disse ao BEM VIVER GENTE. 

Todas as sexta-feiras, durante quase uma hora, ela está ao vivo no ar. Além do bate-papo no estúdio, acompanhado por uma plateia e da participação dos internautas, Mariana também vai às ruas fazer reportagens. O grande desafio de Mariana Godoy nem é o ibope, preocupação descartada por ela. O formato ao vivo, todos às sextas-feiras, se torna um elemento desafiador, principalmente quando o assunto é política.

“Os fatos mudam a cada momento, não posso gravar algo com uma figura política porque na  noite, o contexto pode ser outro. E para garantir espaço na agenda deles não é tarefa muito fácil”, afirma. O ex-ministro Supremo Tribunal Federal (STF), Carlos Ayres Britto e o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, já passaram pelo sofá de Mariana. Mas ela quer mais: “Estamos marcando uma entrevista com a Dilma (Rousseff, presidente) e também quero muito entrevistar o (Barack) Obama (presidente dos Estados Unidos)”, avisa. 

A herança de 23 anos  à frente de programas de noticiários ao vivo facilita as   entrevistas com as  personalidades políticas, mas Mariana também mostra sua versatilidade ao entrevistar  artistas, como no programa em perguntou sobre a relação Ney Matogrosso com os pais de Cazuza, por exemplo. “Não quero que ninguém se sinta mal, é um bate-papo, mas ele não deve agradar só eu e o entrevistado, tem que agradar ao público”. Fafá de Belém, Toquinho, Fábio Júnior já estão na programação dos próximos programas.  

O público é de fato preocupação e foco da apresentadora. No estúdio, 20 pessoas estão na plateia e podem fazer perguntas, assim como os internautas por meio das redes sociais. “Meu marido até me brigou logo no começo: ‘você olha muito para o celular, não pode, fica deselegante’.  Passei a evitar, mas valorizo muito essa interatividade”, disse.  

Pessoal

Não é segredo para ninguém que Mariana Godoy deixou 23 anos de Rede Globo impulsionada pela inflexibilidade da emissora em deixá-la numa cidade, enquanto o marido Dalcides Biscalquin e o filho Heitor moravam em outro. “Eu também já tinha feito tudo o que eu tinha para fazer lá, então, estava na hora. Fora que um casamento à distância não dá. Às vezes a gente só precisa de um pouquinho de coragem e apoio. Eu disse para o meu marido: ‘vamos lá, agora você vai segurar as pontas que vou viajar’”.

Ela conta que passou três meses viajando e quando voltou se questionou: “o que gosto de fazer?”. “Foi aí que apareceu a oportunidade e casou com a minha ideia. Estou muito feliz porque foi algo que escolhi fazer, me deixa perto da minha família, além de ter uma equipe ótima”, finaliza.

Talento

“Nada substitui o talento”, a famosa frase do Prêmio Profissionais do Ano é o grande norte para carreira de Mariana Godoy. “Você precisa se atualizar, sair do comodismo”, disse. Formada pela faculdade Cásper Líbero, ela já esteve nas bancadas do Jornal Nacional,Bom Dia São Paulo, SPTV, Jornal das Dez (Globo News), além de coberturas como o Carnaval do Rio de Janeiro.

Serviço

O quê é? Mariana Godoy Entrevista

Quando é? Toda as sextas-feiras, às 23h15 (horário de São Paulo)

Onde é? Rede TV!