Publicidade
Entretenimento
Buzz

Massagista retira acusação contra John Travolta

O homem que retirou as acusações foi o primeiro massagista a acusar o ator de assédio sexual, alegando que Travolta havia tentado manter relações sexuais e tocado seus genitais durante uma sessão de massagem em um hotel em Beverly Hills no dia 16 de janeiro 15/05/2012 às 16:27
Show 1
O ator John Travolta
UOL/CELEBRIDADES ---

O primeiro massagista a acusar John Travolta de assédio sexual retirou a ação contra o ator, segundo o site TMZ.

Os papeis foram apresentados na manhã desta terça-feira (158) na Califórnia, de acordo com o site. O massagista pedia US$ 2 milhões por danos e estresse emocional.

O homem que retirou as acusações foi o primeiro massagista a acusar o ator de assédio sexual, alegando que Travolta havia tentado manter relações sexuais e tocado seus genitais durante uma sessão de massagem em um hotel em Beverly Hills no dia 16 de janeiro. No dia seguinte, os representantes do ator divulgaram um comunicado afirmando que o ator não estava em Los Angeles no dia citado, o que foi comprovado pelo site TMZ, que exibiu uma foto do ator em NY, juntamente com o comprovante de um restaurante.

Um segundo massagista, que dividia com o primeiro a ação contra Travolta, segue pedindo a indenização de US$ 2 milhões. Ele também acusa o astro de tocar seus genitais e se insinuar sexualmente para ele durante uma sessão de massagem, mas dessa vez em um hotel em Atlanta, no dia 28 de janeiro.

Um terceiro homem, Fabian Zanzi, funcionário de um navio de cruzeiro, disse a um programa chileno que Travolta lhe ofereceu 12 mil dólares em troca de sexo durante um cruzeiro em 2009. A acusação foi qualificada como ridícula pelo advogado do ator.