Publicidade
Entretenimento
O valor das mechas

Mechas são destaque nos salões de beleza

Modernas técnicas são vantajosas para clientes e também podem ser adequadas a perfis e tipos físicos diferenciados 11/06/2012 às 08:52
Show 1
Wilke Cidade inovou com técnica que mistura mechas de diferentes tonalidades
Luciana Santos Manaus

Usadas para quebrar a uniformidade das colorações, dar movimento e luz às madeixas, as mechas ocupam lugar de destaque nos salões de beleza. O número de técnicas que podem ser utilizadas pelos profissionais é extensa, o que vem a ser uma vantagem para um serviço que também precisa se adequar a mulheres com tipos físicos e perfis diferenciados.

A hairstyle Luciane Fontanive, do Villa Angel, cita as mechas texanas, as californianas, as tie dye e as 3D como as mais procuradas pelas manauenses (ver quadro) e destaca a versatilidade do procedimento. “Há clientes com 30 por cento de cabelos brancos que optam pelas mechas para se tornarem loiras e disfarçar os fios brancos. Também há as micro mechas que são usadas para dar efeito de movimento e iluminação ao cabelo que passou por coloração. Um estudo feito nos salões de beleza da região Norte revelou que o serviço mais procurado é a coloração e, em seguida, as mechas, porque quem faz coloração acaba fazendo mecha também”, afirma.

Tratamento

A profissional lembra o cuidado que deve ser empregado para a manutenção da saúde e beleza dos fios tingidos e destaca a evolução dos produtos disponíveis no mercado, que além da pigmentação também prometem nutrir os cabelos. “Hoje a gente tem no mercado coloração com alta tecnologia de tratamento e nutrição. A coloração praticamente não possui mais contra-indicação. Nossa única recomendação é que o procedimento seja feito a partir dos 13 anos de idade”.

Nos casos em que coloração e mechas são realizadas ao mesmo tempo, Luciane indica que seja feito um acompanhamento mais rigoroso, para que as proteínas existentes nos fios não se percam. “São dois processos químicos, então a gente deve avaliar a textura e a sensibilidade para indicar o produto mais adequado para o tratamento. É muito importante conhecer a química que foi empregada nos cabelos para saber o que usar em cada cliente”, observa.

Manutenção

As mechas também precisam passar por retoques. Segundo a hairstyle, mechas localizadas em pontos específicos, como nas pontas, devem passar por manutenção a cada três meses. No caso de mechas feitas a partir da raiz, como as utilizadas para cobrir fios brancos, devem ser retocadas a cada dois meses ou a cada dois centímetros de raiz crescida.

Fios multicoloridos

O hairstyle Wilke Cidade resolveu ousar e desenvolveu uma técnica que denominou de color blocking, pois brinca com mechas de diferentes tonalidades para dar vida ao cabelo da cliente. Segundo o profissional, a inspiração nasceu ao observar o visual das modelos do desfile da Chanel, que cruzaram a passarela com cabelos tingidos de cores pouco convencionais . “Só que eu percebi que elas usavam o cabelo tingido por inteiro. Ao mesmo tempo notei que a moda estava muito voltada para o color blocking e procurei trazer isso para os cabelos”, conta.

Para garantir um resultado harmonioso, Wilke diz que o primeiro cuidado é escolher as tonalidades que serão utilizadas de acordo com o tom de pele da cliente e, em seguida, determinar as áreas que serão trabalhadas. “De acordo com a cliente você pode ousar mais ou não. De repente, você pode pegar apenas uns filetes de cabelo e colocar um lilás pra dar uma nuance em cima da franja ou trabalhar só as pontas”, ensina, acrescentando que o serviço leva em torno de duas horas para ser concluído.

Texanas - as mechas são aplicadas por baixo dos fios. O efeito é o de quatro nuances mescladas em um degradê sutil.

Californianas - é inspirada nos surfistas da Califórnia(EUA). É um processo de descoloração, feito a partir do meio do comprimento até as pontas.

3D - combinam cores e formas que dão profundidade e impressão de movimentos. São aplicadas internamente e não marcam a raiz.

Tié dye - consiste em deixar a raiz ao natural e colorir as pontas. Pode começar de uma cor e ir mudando gradualmente para outra.