Publicidade
Entretenimento
MÚSICA

Mestre Marinho Saúba completa 40 anos de carreira no Tacacá na Bossa, quarta (9)

Ao todo, o artista possui 73 sambas gravados pelas agremiações de Manaus como Sem Compromisso, Vitória Régia e Balaku Blaku 08/08/2017 às 11:13 - Atualizado em 08/08/2017 às 11:48
Show bv0508 21f
(Foto: Divulgação)
Alexandre Pequeno Manaus (AM)

Quatro décadas de música. A frase é perfeita para definir a história do músico e compositor Marinho Saúba Martins que será contada através de muito samba no especial "40 anos de batucadas e canções", que ocorre na próxima quarta-feira (9), às 19h no projeto Tacacá na Bossa, no Largo de São Sebastião. A entrada é gratuita.

De acordo com Saúba, a paixão pela música vem desde a infância. "Meu avô tocava cavaquinho, mas não profissionalmente. Sou o único da família que seguiu nessa carreira. É um prazer poder conviver e tocar para milhares de pessoas", afirma o sambista.

Com tantos anos dedicados à música, o mestre Marinho afirma que nunca deixou essa área de lado. "Desde quando comecei a tocar, nunca me afastei da música. São quarenta anos ininterruptamente. Muitos da minha época já abandonaram ou deixaram a música. Porém, pra mim, a música sempre foi presente", ressalta.

Para homenagear e celebrar a carreira do artista, os convidados desta edição do Tacacá na Bossa são: Chico da Silva, Júnior Rodrigues, Assis Almeida, Edu do Banjo, Edmundo Soldado, Demir da 14, Marquinho Costa, Rinaldo Buzaglo, Wilsinho de Cima, Paulo Kabessa, Miguel Zamba e Lucinho do Samba.

Carnaval

Ao todo, o artista possui 73 sambas gravados pelas escolas de samba do carnaval de Manaus como: Sem Compromisso, Andanças de Ciganos, Vitória Régia, Primos da Ilha, Balaku Blaku, por exemplo.

O samba campeão mais recente composto pelo sambista foi "Cantando o pensamento na Amazônia", da escola de samba Vitória Régia, do bairro Praça 14. Na época, a música fazia uma homenagem a Academia Amazonense de Letras (AAL). Atualmente, ele é mestre de bateria da escola de samba Unidos do Alvorada.

Fundador

Marinho foi fundador da banda Sucessamba, grupo tradicional nos anos 90 em Manaus. Ele também já tocou em bandas como Ases do Pagode, por exemplo, e atualmente, está na banda Finos do Samba, além do grupo Couro Velho.

Saiba+

O mestre Marinho Saúba já teve a oportunidade de tocar para artistas consagrados como: Jorge Aragão, Dona Ivone Lara, Benito di Paula, Arlindo Cruz, Noca da Portela, Almir Guineto, Leci Brandão e outros.

Serviço

O quê: Especial “40 anos de batucadas e canções”, do Mestre Marinho Saúba Martins
Quando: quarta, dia 9 de agosto, às 19h
Onde: Largo de São Sebastião, centro de Manaus
Entrada: gratuita

Publicidade
Publicidade