Publicidade
Entretenimento
Vida

Miami Art Basel agita cenário cultural da Flórida

O evento é considerado o show de arte mais prestigioso das Améridas atraindo a atenção de todo mundo. Por alguns dias o balneário mais famoso da Flórida se transforma na capital mundial das artes, com exposições e mostras espalhadas por todas as partes, como o Collins Park, que vira uma galeria a céu aberto 06/12/2012 às 08:17
Show 1
Bia Dòria leva sua arte pela primeira vez à Miami Art Basel
Rogério Pina Manaus, AM

A partir desta quinta (06) até o próximo domingo acontece a 11ª edição do Art Basel Miami Beach, considerado o show de arte mais prestigioso das Américas, reunindo mais de dois mil artistas em exposições oficiais e paralelas por toda a cidade de Miami, convidando milhares de visitantes e residentes a uma viagem ao mundo sem limites das artes.

Por alguns dias o balneário mais famoso da Flórida se transforma na capital mundial das artes, com exposições e mostras espalhadas por todas as partes, como o Collins Park, que vira uma galeria a céu aberto; o Miami Convention Center, base oficial do evento; e  a nova área de efervescência artística do Miami Design District, que abriga feiras paralelas como o Artexpo Miami, além de lojas e galerias que abrigam instalações especiais.

O evento oficial acontece no Miami Convention Center, em South Miami Beach, com mais de 200 galerias de todas as partes do mundo trazendo os mais importantes artistas. Existe dentro do Art Basel o Art Nova, que chama muita atenção pois foca somente na arte produzida nos últimos três anos e revela, assim, o que há de mais moderno no mundo das artes. Além disso, lojas renomadas de design e moda como Fendi, Ornare, Armani, entre outras, preparam instalações e mostras especiais.

O bairro dos grafites

Várias mostras paralelas ao Art Basel acontecerão em bairros interessantes de Miami, como o Wynwood District, que a cada ano aparece mais decorado com grafites – cada um mais bonito que o outro.

A área de Wynwood foi um sonho do empreendedor e corretor Tony Goldman (que faleceu recentemente), transformando esse bairro em um complexo de artes, a começar pelos famosos muros, que abrigam gigantescas obras de arte de artistas renomados, entre eles o brasileiro Eduardo Kobra.  O Wynwood é conhecido, também, por promover uma vez ao mês  uma noite em que todos os espaços ficam abertos para visita de apreciadores das artes. O trancetê pelas ruas e galerias já ficou famoso entre os locais e agora começa a chamar atenção dos turistas interessados em arte.

Este ano vai acontecer, em homenagem a Tony Goldman, o “Come and Dream”, durante o Art Basel, em Wynwood, entre a 25th Street e NW 2nd Ave., um presente maravilhoso para os amantes da arte.

Participarão do encontro, neste ano, mais de 260 galerias da América do Norte, da Europa, da América Latina, da Ásia e da África. Ao todo, 2.000 artistas, dos séculos 20 e 21, estarão presentes na feira. Mais informações em www.miamibeach.artbasel.com.