Publicidade
Entretenimento
Buzz

Mick Jagger e Keith Richards fazem as pazes

Em entrevista à revista Rolling Stone, Mick Jagger e Keith Richards disseram que retomaram sua amizade depois das brigas ocorridas após a publicação da autobiografia de Richards 16/03/2012 às 16:00
Show 1
Mick Jagger e Keith Richards, da banda "Rolling Stones"
AFP ---

NOVA YORK, 16 Mar 2012 (AFP) - Todos precisam de alguém para se apoiar, e a dupla fundadora dos Rolling Stones disse estar fazendo justamente isso após superar três décadas de mal-entendidos com um ano de profundas conversas.

Em entrevista à revista Rolling Stone, Mick Jagger e Keith Richards disseram que retomaram sua amizade depois das brigas ocorridas após a publicação da autobiografia de Richards.

O relato de "Vida" mostrou a frustração acumulada pelo guitarrista em relação a Jagger, líder da banda.

"Na década de 1980, por exemplo, Keith e eu não nos comunicávamos muito bem", disse Jagger à revista especializada em cultura pop, cuja última edição comemora o 50º aniversário do lendário grupo.

"Me envolvi muito com a parte comercial dos Stones, sobretudo porque sentia que ninguém se interessava, mas está claro agora no livro que Keith se sentia excluído, o que é uma pena. É hora de olhar para frente", disse.

"Mick tem razão", disse Richards. Os dois fundaram a banda Rolling Stones em 1962, depois de terem se conhecido em uma estação de trem de Londres e descoberto a fascinação pelo blues americano.

"Durante o último ano ele e eu tivemos conversas que não tínhamos havia muito tempo, e isso foi incrivelmente importante para mim", disse Richards.

"Em relação ao livro, era minha história e era muito crua, como eu queria que fosse - mas sei que algumas partes e alguma publicidade realmente ofenderam Mick e eu lamento".

A revista Rolling Stone informou nesta semana que os Stones não preveem nenhum show para seu 50º aniversário, apesar de ter citado uma sugestão de Richards sobre 2013 como uma data "mais realista" para sair em turnê.