Publicidade
Entretenimento
Viagem Machu Picchu

Mistérios da cidade de Machu Picchu

Cidade que foi descoberta no início do século XX por um explorador americano ainda desperta fascínio e atrai muitos visitantes 30/07/2012 às 15:03
Show 1
Cidade foi descoberta por um explorador americano em 1911
acritica.com Manaus

Uma cidade localizada em uma montanha e cheia de fascínio e mistérios.  Assim é Machu Picchu, descoberta em 1911 pelo explorador americano Hiram Bingham e que se tornaria décadas depois, uma das Sete Maravilhas Modernas.

O sítio arqueológico ganhou fama mundial e é constantemente visitado por pessoas de todo o mundo. Para quem deseja conhecê-lo, agências de viagens oferecem diversos roteiros que são adequados conforme o perfil de cada passageiro. Um dos mais procurados e que é oferecido pela Freeway é o pacote Machu Picchu –Trilha Inca Completa.                                                                                                    

A viagem de dez dias começa na consagrada capital do Peru, Lima, conhecida como a Cidade dos Reis. Depois de conhecer rapidamente Lima, os turistas serão levados para Cusco, onde serão feitas caminhadas e atividades próximas ao Vale Sagrado.

No quarto dia de viagem os passageiros serão levados para as ruínas de Ollantaytambo, local conhecido em todo mundo por representar as diversas culturas pré-colombianas e com uma magnífica vista de todo o Vale Sagrado.


A trilha Inca começa no quinto dia de viagem. Serão quatro dias de caminhadas, onde podem ser admiradas as belezas do Vale Sagrado, contemplando suas altas montanhas, seus picos nevados e o rio Urubamba, famoso pelas suas corredeiras.

Ao final da trilha Inca os turistas terão percorrido 30 km, atingindo uma altura de 4.200 metros, passando por lugares fascinantes, como diversos sítios arqueológicos, as ruínas Llactapata, e finalmente Machu Picchu. No último dia da trilha Inca, os turistas poderão explorar todo o Império Inca, em uma visita de quatro a cinco horas de duração.

A viagem é sensacional. Para ser feito esse trekking é necessário agendar com antecedência, pois existe um limite de visitantes, no máximo 500 pessoas por dia. Esta trilha fica fechada apenas no mês de fevereiro.