Publicidade
Entretenimento
Viagem

Montevidéu: o destino diferente para quem busca novos horizontes na América Latina

A capital do Uruguai esbanja qualidade de vida e oferece boa gastronomia, atrações históricas e culturais e variadas opções de diversão. 07/05/2016 às 19:09 - Atualizado em 08/05/2016 às 13:30
Show 1079632
Montevidéu, tem muito a oferecer ao viajante, e aparece como boa pedida para quem busca novos horizontes na América Latina. (Reprodução)
Jony Clay Borges Manaus (AM)

Com o dólar mais caro, a Argentina voltou ao topo dos destinos internacionais favoritos do brasileiro. Mas, para quem já conhece a terra dos hermanos ou quem tem tempo de sobra para esticar o passeio, Montevidéu aparece como opção de destino na América Latina. Também banhada pelo Rio da Prata, como Buenos Aires, a capital do Uruguai esbanja qualidade de vida e oferece boa gastronomia, atrações históricas e culturais e variadas opções de diversão.

O melhor lugar para iniciar um passeio por Montevidéu é justamente a Puerta de la Ciudadela: da época em que a cidade era um enclave militar espanhol cercado por muralhas, no século 18, o portal preservado liga a histórica Ciudad Vieja ao Centro da capital. De lá, dá para seguir tanto para a Avenida 18 de Julio, eixo da parte mais nova de Montevidéu e mais importante do país, quanto para as ruas e praças da Montevidéu antiga.

Passeios e compras

Partindo da Plaza Independencia – coração da cidade, ao lado do qual está a Torre Executiva, sede da Presidência uruguaia –, a 18 de Julio chama atenção não só pela atividade comercial, mas pela riqueza arquitetônica, com prédios como os imponentes Palacio Salvo e a Universidad de la República, ou o elegante Edifício Rex, de estilo Art Déco. Também ali se encontram várias praças, como a Cagancha, onde está erigida a Coluna da Paz, ou a Fabini, com um centro de exposições subterrâneo.

Ainda na avenida, a Fuente de los Candados, onde casais deixam cadeados com iniciais como símbolos de amor eterno, é pausa obrigatória para uma selfie. O mesmo vale para a estátua de Carlos Gardel, em frente à fonte e ao Bar Facal. Este era frequentado pelo famoso compositor de tango e é o mais antigo do Centro de Montevidéu. Outro ponto que rende um bom registro é o mirante da Intendencia (prefeitura): com altura de 77 metros, tem vistas panorâmicas de boa parte da cidade. A visitação das 10h às 16h é gratuita, bastando retirar o ingresso no guichê turístico em frente.

Boas opções de compras se encontram também na parte mais nova da cidade. Aí se inclui a Feria Tristán Narvaja, que rola aos domingos e que oferece de tudo, de culinária local a artesanatos e antiguidades. Na mesma linha, há o Mercado Agricola, num prédio antigo inteiramente revitalizado. Há ainda shoppings como o Tres Cruces, no Centro; e Punta Carretas e Montevideo, respectivamente em Punta Carretas e Pocitos, bairros mais tranquilos e residenciais da capital.

História viva

Quem busca atrações culturais e históricas deve seguir para a Ciudad Vieja: a região reúne vários edifícios de valor histórico e arquitetônico, como o Teatro Solís, e bucólicas praças como a Constitución, onde fica a Catedral de Montevidéu, ou a Zabala. Há ainda vários museus, entre os quais vale citar o de Arte Pré-Colombiana e Indígena, o de Artes Decorativas (Palacio Taranco) e o do Carnaval – falando nele, vale lembrar que o Carnaval uruguaio é o mais longo do mundo, com 40 dias de festejos!

Seguindo pelas peatonales – ruas de pedestres – Sarandi e Perez Castellano, o viajante chega ao Mercado Del Puerto. Situado em frente Porto de Montevidéu: antigo mercado revitalizado, o espaço hoje é um complexo que reúne diversas lojas de souvenirs e restaurantes, como o Es Mercat ou o Zabala. Os preços são menos em conta, mas o local é uma boa pedida para conferir a celebrada parrilla uruguaia.

Gastronomia e diversão

Mas o polo gastronômico da capital, na verdade, é em Punta Carretas, onde estão restaurantes de renome como Uruguay Natural, Pellegrin Boutique Gourmet e Al Forno. Há ainda locais que combinam gastronomia e diversão. O já citado Bar Facal e o Baar Fun Fun, na Ciudadela, por exemplo, oferecem espetáculos de tango e candombe – expressão cultural de origem africana.

Montevidéu, enfim, tem muito a oferecer ao viajante, e aparece como boa pedida para quem busca novos horizontes na América Latina.

Câmbio

Um real hoje equivale a quase 9 pesos uruguaios. Na avenida 18 de Julio reúne inúmeras casas de câmbio, às vezes com taxas mais atraentes do que as de aeroportos e outros terminais.

Benefícios

Apesar da relação cambial favorável, o custo de vida no Uruguai é alto, mesmo para brasileiros. O governo uruguaio, porém, oferece vantagens para os turistas. Uma delas é a devolução do IVA, imposto de cerca de 18%, em restaurantes e no aluguel de veículos, no pagamento com cartão de crédito internacional.

Não muito longe

Além de Montevidéu, Punta Del Este e Colonia Del Sacramento são outros destinos do Uruguai que valem a visita. Ambos ficam a cerca de duas horas de ônibus da capital.

Punta Del Este

Ponto do jet set internacional, o balneário ferve no verão, de dezembro a março, quando recebe mais de 400 mil turistas. Perto dali fica a cidadela-escultura Casapueblo, criada pelo artista uruguaio e arquiteto Carlos Páez Vilaró.

Colonia Del Sacramento

Declarado Patrimônio da Humanidade, este vilarejo se destaca pela riqueza histórica e arquitetônica, com vários museus, igrejas e casas antigas.