Publicidade
Entretenimento
Vida

Montillo: salários atrasados do Cruzeiro animam o Timão

Um dos empresários mais famosos de Minas Gerais, Roberto Tibúrcio, chegou a colocar a informação do atraso em seu perfil no Twitter 12/01/2012 às 16:51
Show 1
Montillo não sabe se fica em Minas
Lancenet! São Paulo (SP)

O Corinthians continua confiante na contratação de Montillo. Um dos motivos é a dificuldade que o Cruzeiro, neste momento, tem para honrar seus compromissos com os jogadores. A informação que chegou aos dirigentes corintianos é de que os atletas não receberam os vencimentos de dezembro nem a segunda parcela do 13º salário.

Essa falta de dinheiro, na visão deles, forçará a saída do meia argentino, que renderia R$ 20 milhões aos cofres mineiros e, claro, o folêgo financeiro necessário para que a diretoria amenize a bronca dos outros jogadores.

O LANCENET! ouviu quatro pessoas ligadas aos atletas do Cruzeiro. Todas confirmaram o atraso. Três delas, inclusive, afirmaram à reportagem de que a promessa do presidente Gilvan de Pinho Tavares é de que a quitação atrasada do débito irá acontecer até esta sexta-feira.

- Eles prometeram isso, vamos ver. Até agora, ok. Se não quitarem no dia prometido, aí sim, o clima ficará complicado - afirmou uma dessas pessoas, que pediu para não ser identificada.

Um dos empresários mais famosos de Minas Gerais, Roberto Tibúrcio, chegou a colocar a informação do atraso em seu perfil no Twitter. Ele escreveu ainda "quando a batata assar, vai assar no colo no presidente".

O Cruzeiro, por meio do gerente de futebol, Valdir Barbosa, confirma o atraso, mas garante que o salário foi quitado nesta quinta-feira. Em relação ao 13º salário, a alegação é de que isso é de caráter administrativo e que não será divulgado.

- O salário foi pago hoje (quinta-feira). Em relação ao pagamento do 13º eu não sei lhe informar. Isso é de ordem administrativa - afirmou Valdir, ao LANCENET!.

Questionado sobre a possibilidade de ter quitado o salário com empréstimo bancário, o gerente afirmou:

- Isso é uma questão de ordem do Cruzeiro. O Cruzeiro não tem de ficar dando satisfação se pegou dinheiro em banco ou não. Temos um balancete anual divulgado para todo mundo. Mas fora isso, o Cruzeiro não vai dar satisfação sobre as questões administrativas - concluiu.