Publicidade
Entretenimento
Vida

Mórmons fundam primeiro templo da Região Norte, em Manaus

A visitação do público em geral começa a partir desta sexta-feira (18) e estende-se até o dia 02 de junho, de 9h às 17h, às segundas, e 9h às 21h30 de terça a sábado. O tour é gratuito e realizado por um guia, membro da Igreja, e inclui um passeio às raízes de uma das religiões cristãs mais modernas do mundo. O Templo carrega uma energia espiritual extremamente comovente que alia o luxo aos valores familiares e ensinamentos bíblicos 21/05/2012 às 01:22
Show 1
O primeiro templo da Igreja de Jesus Cristo dos Últimos Dias foi inaugurado em Manaus nesta quarta-feira (16)
MAYARA BRILHANTE ---

Aos que estavam curiosos para saber o que era a suntuosa obra no bairro Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus, agora tem a oportunidade de visitar o local. O Templo de Manaus inaugurou nesta quarta-feira (16) e faz parte da Igreja de Jesus Cristos dos Santos dos Últimos Dias. Seus fieis, mais conhecidos como mórmons, comemoram a construção do primeiro santuário na região norte e o sexto do Brasil.

A visitação do público em geral começa a partir desta sexta-feira (18) e estende-se até o dia 02 de junho, de 9h às 17h, às segundas, e 9h às 21h30 de terça a sábado. O tour é gratuito e realizado por um guia, membro da Igreja, e inclui um passeio às raízes de uma das religiões cristãs mais modernas do mundo. O Templo carrega uma energia espiritual extremamente comovente que alia beleza aos valores familiares e ensinamentos bíblicos. Os visitantes terão a oportunidade de caminhar por seu interior e aprender a respeito do significado da obra que é ali é realizada.

“Os Templos existem desde o começo das religiões e simbolizam um local de encontro com Deus. Este é o lugar onde os fieis podem seguir os exemplos deixados por Jesus Cristo, além de ensinamentos e dogmas de nossas crenças. Na Bíblia há relatos de que os povos antigos os construíam com os melhores materiais: ouro, pedras preciosas. Tudo era da melhor qualidade e fazemos o melhor que podemos”, afirma um dos representantes da igreja no Brasil, Cláudio Costa.

Após abertura ao público haverá sessões de dedicações sagradas no dia 10 de junho e a partir daí somente os membros da congregação terão acesso ao local. Em Manaus existem cerca de 30 mil santos dos últimos dias. “O Templo atenderá os demais estados da Região Norte e é o 138º do mundo. Estou muito feliz, pois sei o quanto era difícil para os irmãos saírem daqui para o sudeste em suas missões. Manaus merece ter a Casa de Deus”, diz Cláudio.

Os templos são compostos por um número de salas projetadas para acomodar atividades religiosas como, por exemplo, casamentos, batismos e seções de instruções aos membros sobre a importância dos laços matrimoniais e familiares. Quando estão dentro do local, as pessoas vestem trajes apropriados na cor branca, que simboliza pureza e reverência.

Para quem quiser se tornar membro da congregação, Cláudio afirma ainda que isto depende muito da pessoa e do momento em que ela vive, pois a religião representa compromisso consigo mesmo e com Deus “Nós respeitamos a decisão de cada um e os que se interessarem é só procurar um dos missionários, que são aqueles que estão nas ruas de paletó e gravata. Eles estão sempre disponíveis para ajudar e passar nossos ensinamentos. Nós não forçamos ninguém, mas todos são convidados a conhecer nosso trabalho”, finaliza.

Curiosidades
Além de Manaus, Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), São Paulo (SP), Campinas (SP) e Recife (PE) também possuem templos dos santos dos últimos dias. A sétima obra será construída em Fortaleza (CE). A história desta religião no Brasil começou em 1923, quando uma família alemã começou a organizar congregações no sul do País. Atualmente existem mais de um milhão de fieis espalhados por todos os Estados. A Igreja também está presente em vários continentes e é sediada em Salt Lake City, nos Estados Unidos.

Tendo como princípios os ensinamentos presentes no Novo Testamento, os mórmons não se encaixam em nenhuma corrente do cristianismo tradicional, pois possuem características diferentes das demais religiões. O profeta e fundador da Igreja é Joseph Smith Jr (1805-1844), onde, no século XIX, foi guiado por profecias e visitação de Deus. Atualmente, cerca de 14 milhões de pessoas seguem a congregação.

A Igreja ainda mantém a “Mãos que Ajudam”, uma organização com fins humanitários que trabalha ao lado de entidades e outras religiões como a Igreja Católica, representada no Estado pela Arquidiocese de Manaus.