Publicidade
Entretenimento
Mova-se em Manaus

Mostra de dança para todos os públicos

Mostra de dança tem programação intensa na reta final do "Mova-se" 16/06/2012 às 15:29
Show 1
Performance " Dark room" da Cia. Etc, enfoca tema das identidades sexuais
jornal A Crítica Manaus

Na reta final de sua programação, que se encerra amanhã, o 3º Mova-se Festival de Dança: Solos, Duos e Trios traz espetáculos voltados para os públicos adulto e infantil. Neste sábado (16), às 22h30, tem Sessão Tarja Preta com a performance adulta “Dark room”, da pernambucana Cia. Etc., no estacionamento do Teatro da Instalação. E no domingo (17), às 19h, no Teatro Amazonas, tem a mostra Mova-seZINHO com “Peter Pan”, produção da paulista Virtual Companhia de Dança baseada no clássico da literatura infantojuvenil. Toda a programação é gratuita.

“Dark room” traz como mote a discussão sobre a identidade sexual, sendo o “quarto escuro” o lugar onde ela se revela. O quarto é o espaço privado, em que elas se desfazem de suas máscaras sociais e exibem diferentes facetas de sua personalidade. Assim, a criação brinca com a ideia de um espaço reservado às fantasias reprimidas e ainda irrealizadas, trazendo à tona uma discussão sobre a sexualidade.

O trabalho é fruto de uma pesquisa de três anos sobre identidades sexuais realizada por Marcelo Sena, José W. Júnior, Liana Gesteira e Natalie Revoredo, que assinam coletivamente a criação do espetáculo, com direção de Marcelo Sena. A performance tem classificação etária de 18 anos.

Fantasia no ar

Seguindo a tendência de grandes festivais de dança do País, o Mova-se contempla o público infantil com o Mova-seZINHO, que traz “Peter Pan”. Combina dança e audiovisual, a montagem da Virtual Cia. estimula o espectador a recriar sua própria história do clássico infantil. A dramaturgia é aberta, utilizando elementos acrobáticos tanto como o vídeo, projetado durante todo o espetáculo em camadas na frente e atrás dos bailarinos. Em cena os personagens Wendy, Peter e Capitão Gancho interagem entre si e com os elementos audiovisuais deixando espaço para a imaginação do espectador. Acrobacias aéreas em cabos de aço, trapézio e tecido, interatividade permanente com o vídeo e uma somatória de elementos lúdicos dão ao espetáculo uma dinâmica singular.

 

Mostra segue neste sábado

 A mostra principal do 3º Mova-se segue com três performances no Teatro da Instalação neste sábado (16), a partir das 19h. O programa abre com “Em redor do buraco tudo é beira” (RJ), performance de Marcela Levi encenada por ela e pelo bailarino Frederico Paredes. No palco, o duo usa seus corpos, músicas, pedaços de papel e 200 cenouras para contar histórias sobre violência, guerra e morte.

Às 20h, na Sala CDA do teatro, o público confere “Emplasto”, da cearense Cia. Argumento. A performance solo destrincha em imagens as relações causadas por nossas escolhas quanto às condições de consumo, corpo, plásticas e estéticas.

 De volta ao palco, às 20h30, o amazonense André Duarte encena seu “Hysteria”, que traz três mulheres de temperamentos fortes que adentram no mundo da psicanálise freudiana. A obra traz movimentos de grande intensidade emocional em movimentos dançantes.