Publicidade
Entretenimento
Buzz

Motorista envolvido em acidente com Shaolin é ouvido pela primeira vez pela Justiça

Ao UOL, o advogado de Shaolin, Rodrigo Celino, afirmou que o motorista apresentou uma versão contraditória sobre o acidente 31/07/2012 às 11:12
Show 1
Shaolin
uol/celebridades ---

 motorista de caminhão envolvido no acidente que deixou gravemente ferido o humorista Shaolin, Jobson Clemente Benício, foi ouvido pela primeira vez pela Justiça nesta terça-feira (31), no fórum de Sapé (PB).

Ao UOL, o advogado de Shaolin, Rodrigo Celino, afirmou que o motorista apresentou uma versão contraditória sobre o acidente. Segundo o laudo feito pela polícia rodoviária, Benício invadiu a pista contrária e colidiu com o carro do humorista. Durante a audiência, no entanto, o motorista afirmou que foi Shaolin quem invadiu a pista onde Benício trafegava, provocando o acidente.

"Informalmente, o motorista havia admitido que tirou um cochilo sobre o volante, mas perante à Justiça ele apresentou uma versão contraditória. Foi uma estratégia da defesa", disse Celino.

Shaolin dirigia pela BR-230, em Campina Grande, no dia 18 de janeiro de 2011, quando o caminhoneiro, que estava no sentido contrário, atravessou a pista e bateu em seu carro. Benício deixou o local sem prestar socorro e se apresentou à polícia somente três dias depois.

O caminhoneiro é acusado de dois crimes: lesão corporal e omissão de socorro, que podem dar pena de seis meses a dois anos de prisão, cada um. Juntando as penas previstas pelos dois crimes, o réu pode pegar até quatro anos de prisão.

Com a audiência de Benício, a instrução do caso está encerrada, o que significa que a Justiça de Campina Grande deve dar nos próximos dias a oportunidade para que a defesa do motorista e o ministério público façam as alegações finais. "Será uma oportunidade para esmiuçar as provas de que Benício provocou o acidente".

Sobre o estado de saúde do humorista, Celino disse que Shaolin apresenta uma discreta melhora e que já ri com filmes de comédia. "Uma equipe de fonoaudiólogos, fisioterapeutas e neurologistas fazem um trabalho intenso pela recuperação de Shaolin", afirmou Celino.