Publicidade
Entretenimento
Vida

Movimento criativo invade a Casa da Sopa em Manaus

Evento reúne profissionais autônomos e artistas dos mais variados segmentos no dia 09 de maio, a partir das 13h 29/04/2015 às 22:07
Show 1
“Movimento Criativo Studi092” vai acontecer na Casa da Sopa
Laynna Feitoza ---

Um ambiente que mescla um brechó, exposições fotográficas, culinária e música. É essa a proposta da 3ª edição do “Movimento Criativo Studi092”, que vai acontecer na Casa da Sopa (Avenida Constelação, 22, Morada do Sol, Aleixo) no dia 9 de maio, a partir das 13h. Promovido pelo Studi092, o evento reúne empreendedores e artistas interessados em difundir a arte em coletivos.

A ideia do evento nasceu na cabeça de sua organizadora, Bárbara Façanha, quando ela morava no Rio de Janeiro. “Lá sempre tem esse tipo de evento, acostumado a misturar as várias formas de arte. Eu me formei na faculdade lá e voltei para cá com a vontade de fazer algo diferente”, lembra ela. Atualmente, o coletivo é composto por cerca de 15 pessoas e estará tematizado com o Dia das Mães.

Embora a capital amazonense já concentre um número significativo de coletivos hoje, a dura realidade do passado em relação ao tema fez com que Façanha idealizasse um evento dessa espécie. “Foi justamente a carência desse tipo de evento em Manaus que me fez optar por realizar algo assim. Costumo dizer que a cidade, ao mesmo tempo que sempre foi tão rica de cultura, era pobre porque as pessoas pouco se uniam para fazer ações assim”, coloca.

União

Um dos artistas confirmados para expor suas fotografias é Lula Sampaio. A designer Caroline Marrocos também é um dos profissionais que vai levar itens como bancos de praia artesanais para vender no local. “O estúdio de design Milímetro Quadrado também vai expor lá os trabalhos relacionados à técnica de papelaria criativa”, assegura Bárbara. Em relação à gastronomia, a equipe do Urbano Food Truck vai estar por lá vendendo os seus lanches.

A Casa da Sopa vai oferecer um cardápio diferente na data, com tapiocas e sucos diversos, mas isso vai ficar a cargo do estabelecimento. Quem gosta de poesia vai poder conferir um recital que será estrelado por Rita Clark, que estuda as obras do escritor amazonense Milton Hatoum. “Rita também tem alguns poemas de autoria dela e vai recitá-los. Quem vai comandar a parte musical é a banda Kadov, com um show ao vivo”, pontua ela.

Contatos

Segundo Façanha, os números de adesão ao projeto impressionam a cada edição. “A primeira edição do evento, em dezembro, teve uma rotatividade de 80 pessoas. Já a segunda, que aconteceu em janeiro, aumentou este número para 200 pessoas em rotação pelo espaço durante a ação”, diz a organizadora. “E as pessoas não vão ver conosco uma loja específica, mas sim pessoas autônomas com seus produtos, além de inúmeros artistas locais”, adianta.

Os entusiastas de moda poderão acompanhar um brechó com peças entre R$10 a R$60. “Queremos estimular também a cultura do desapego. Todas as peças são coletadas dos nossos parceiros. Geralmente lidamos com marcas populares e brasileiras, porque não compramos ou vendemos peças conforme a marca da roupa”, enfatiza Façanha. O evento está previsto para acontecer na periodicidade de dois em dois meses e sempre em paralelo à datas comemorativas, como Natal, Carnaval, e Dia das Mães. “O próximo deve ser no período das festas juninas”, encerra Bárbara.