Publicidade
Entretenimento
Buzz

No dia do aniversário de Chico Anysio, família joga cinzas do humorista em Maranguape (CE)

Após uma cerimônica no Teatro Chico Anysio, em Fortaleza, as cinzas dele foram jogadas sobre o município de Maranguape, cidade onde o artista nasceu 12/04/2012 às 12:10
Show 1
Chico Anysio
uol/televisão ---

Malga Di Paula e André Lucas, mulher e filho do humorista Chico Anysio, que morreu no dia 23 de março em decorrência de falência de múltiplos órgãos, levaram, nesta quinta-feira (12), parte das cinzas do artista ao Ceará. Após uma cerimônica no Teatro Chico Anysio, em Fortaleza, as cinzas dele foram jogadas sobre o município de Maranguape, cidade onde o artista nasceu.

No dia 31, Malga soltou a outra parte das cinzas sobre o Projac, estúdios da Globo no Rio de Janeiro, a bordo de um helicóptero. Ela estava acompanhada de Bruno Mazzeo e Nizo neto, filhos do humorista.

Em Fortaleza, Malga e André foram recebidos com aplausos por humoristas, políticos e autoridades locais. Muitos dos artistas levaram imagens, objetos e outras recordações do tempo em que trabalharam com o mestre. Os familiares de Chico chegaram ao teatro no carro do governador Cid Gomes, que desceu do carro carregando as cinzas do artista.

Na cerimônia que começou às 9h50 e pôde ser acompanhada pela imprensa, as cinzas do humorista estavam no centro do palco. Ao redor delas, Malga di Paula, o filho André Lucas e o governador do Ceará.  Muito emocionada, a mulher de Chico disse o quanto era difícil o momento para ela. "Eu não queria trazer o Chico para cá, porque a gente não pensa nessas coisas, não pensa nesses momentos de despedida. Eu casei com um homem 39 anos mais velho, as pessoas dizem que sabia que ele era mais velho, que ia partir antes de mim, mas a gente não espera", contou.

Malga prosseguiu dizendo que ela e Chico Anysio tinham um "laço afetivo, um laço espiritual".  "Eu prometi que estaria com ele até o final, até o último momento e é por isso que faço questão de estar aqui, mesmo sendo muito difícil, onde eu vou devolver o Chico para vocês". Chico pediu para ser deixado nos lugares onde ele considerou que foi mais feliz: no Projac, a Central Globo de Produção, e no sítio de Maranguape.

Ao fim da cerimônia, Malga di Paula cantou a música "Soleado", de Moacyr Franco, olhando para a imagem do marido no palco. A empresária usava uma camiseta confeccionada pelos sindicato dos humoristas do Ceará em que se lia: "80 anos e 345 dias de bom humor". O humorista faria 81 anos nesta quinta-feira (12).

Cortejo a Maranguape

Após deixar Fortaleza, os familiares de Chico Anysio, a imprensa e as personalidades que participaram da cerimônia seguiram em cortejo para Maranguape, a cerca de 30 quilômetros da capital cearense. Lá, Malga, André Lucas e o governador do Estado percorreram o centro de cidade em cima de um carro dos bombeiros e foram recebidos pelos habitantes que traziam bandeirinhas do município nas mãos.

No estádio Antônio Cardoso de Moraes, o Moraizão, de onde decolou o helicóptero que jogou as cinzas do artista sobre a cidade, uma banda tocou "Parabéns a Você", em homenagem aos 81 anos de Chico. Malga Di Paula agradeceu as homenagens e lembrou uma história que costumava ouvir de Chico. Segundo ela, o humorista contava que a parteira lhe dizia que, no dia em que nasceu, há 81 anos, a árvore do sítio estava cheia de pássaros. E isso significava, segundo a parteira, que o menino seria muito feliz.

"Apesar de achar que o Chico mereceria viver muito mais, ele foi muito feliz", contou ela. A própria Malga puxou os parabéns para o humorista e, em seguida, ao som de uma sanfona, o músico Cirano tocou e cantou a "Oração de São Francisco", conhecida pela voz de Fagner. "Hoje eu devolvo o Chico para vocês", foi a despedida de Malga.

O helicóptero com as cinzas da Chico Anysio partiu do Moraizão às 11h55min. A viúva do humorista, Malga Di Paula, o filho André Lucas, o governador do Ceará, Cid Gomes foram até o sítio onde nasceu Chico para jogarem as cinzas. A urna, segundo Malga, era de material biodegradável e também foi jogada na terra onde o humorista nasceu.