Publicidade
Entretenimento
Buzz

'Nunca quis ser uma espécie de mercadoria', diz Kristen Stewart

Em entrevista à Agência Efe, realizada durante o Festival de Cannes, a atriz demonstrou grande uma maturidade, apesar dos 22 anos 01/06/2012 às 08:34
Show 1
Kristen Stewart
uol/celebridades ---

A atriz Kristen Stewart, que estreia nesta sexta-feira (1º) o filme "Branca de Neve e o Caçador" e também integra o elenco de "Na Estrada", do brasileiro Walter Salles, assegura que nunca quis ser uma mercadoria e nem fazer parte das estrelas que traem a si mesmas para construir um personagem.

Em entrevista à Agência Efe, realizada durante o Festival de Cannes, a atriz demonstrou grande uma maturidade, apesar dos 22 anos, e qualificou como "ridiculamente embaraçoso" o fato de algumas atrizes se considerar como um objeto colocado à venda.

Famosa desde os 17 anos, quando começou a interpretar a personagem Bella Swan - a principal personagem feminina da saga "Crepúsculo" -, Kristen se mostra segura de onde estão os limites entre o cinema e a realidade.

"Há gente que faz isso, que cultiva e fabrica personalidades. São bons e são grandes atores, mas inventam personagens em cada entrevista (...) Após um certo tempo, essas pessoas se dão conta que não são ninguém por querer satisfazer todo mundo. Querendo ser centenas de pessoas diferentes, acabam não sendo ninguém", afirmou Kristen.

Desta forma, a atriz, que diz não planejar sua carreira, tenta preservar sua espontaneidade, como o fato de ter aceitado participar de "Na Estrada" - filme dirigido por Walter Salles e recentemente exibido no Festival de Cannes.

Kristen aceitou o convite de Salles para participar desta adaptação do livro de Jack Kerouac quando tinha apenas 16 anos. Até o filme começar a ser realizado, a atriz teve tempo de rodar quatro filmes da série "Crepúsculo" e mais o "Branca de Neve e o Caçador".

No caso da saga vampiresca, a atriz diz que estava obsessiva em dizer as frases perfeitas porque tinha lido os livros e sabia o que os fãs esperavam dela, enquanto em "Na Estrada", segundo Kristen, o objetivo era "descobrir algo nas pessoas e não oferecer um produto empacotado".

"Me sinto muito livre para fazer tudo o que eu quero. De uma perspectiva exterior pode parecer que não tenho liberdade, mas, na realidade, eu tenho mais e também tenho acesso a mais coisas".

"Não me privo de nada e não deixo que ninguém me impeça fazer algo", afirma a atriz antes de explicar que o fundamental na vida é conseguir um compromisso consigo mesmo e perseguir seus desejos.

A atriz, que faz questão de ressaltar que também possui desejos normais, como construir uma família, diz não saber onde estará quando tiver 40 anos. Mas, antes disso, Kristen insiste na sorte que tem de poder escolher personagens, alegando que o mais importante é a experiência e não o resultado.