Publicidade
Entretenimento
Vida

O "Comida di Buteco" termina neste domingo em Manaus

Estão sendo avaliados os petiscos de 17 estabelecimentos na capital. A disputa termina domingo (29/04) e a final, onde os três primeiros colocados serão anunciados, está programada para o próximo dia 7, em um evento fechado denominado “Saideira”, que acontecerá no Espaço Cultural Arte & Fato, localizado na Avenida 10 de Julho, Centro 27/04/2012 às 20:21
Show 1
O Chefão
Ana Carolina Barbosa Manaus

Os apreciadores do “Comida di Buteco”, concurso gastronômico que acontece simultaneamente em 16 cidades brasileiras, aumentou em, pelo menos, 50% em Manaus na sua segunda edição, informou o chefe de cozinha Eduardo Maia, idealizador do projeto.

Estão sendo avaliados os petiscos de 17 estabelecimentos na capital. A disputa termina domingo (29/04) e a final, onde os três primeiros colocados serão anunciados, está programada para o próximo dia 7, em um evento fechado denominado “Saideira”, que acontecerá no Espaço Cultural Arte & Fato, localizado na Avenida 10 de Julho, Centro.


Conforme o coordenador regional do projeto, o publicitário Mauro Souza, a iniciativa de Eduardo Maia tomou corpo em Belo Horizonte (MG), há 13 anos. Em Manaus, após visitar vários butecos e provar as especialidades, selecionou 17, os quais participam desta segunda edição – a primeira ocorreu no ano passado e teve como vencedor o bar Ferrugem, localizado no bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste.

Ele assegura que os primeiros colocados serão premiados, mas guarda em segredo o que eles vão ganhar. “O vencedor que tiver usado Hellmann´s também será premiado, bem como o prato selecionado que terá entre os ingredientes o (salgadinho) Doritos, explicou.

O idealizador da idéia, Eduardo Maia, destacou que, só esta semana, visitou 50 butecos nas cidades contempladas com o concurso, para provar os tira-gostos preparados nas mais diferentes regiões.

No Amazonas, ele destacou que tem se tornado comum entre as receitas o acréscimo do pirarucu, peixe regional que agrada o paladar tanto de turistas quando de manauaras, que inventaram as mais diferentes receitas com a carne do pescado. “Temos sete receitas a base de pirarucu, com produtos regionais. Isso, para mim foi muito bom e insisto que temos que usar mais os produtos locais. Vi poucas frutas nas composições. Há também os outros peixes e Manaus entendeu o recado. Do ano passado para cá foram inseridos mais produtos regionais (às receitas). Essa é a linguagem que o mundo fala”, destacou.


De acordo com ele, a idéia é estabelecer nas cidades participantes, aos poucos, novos critérios, como preços-limite para a venda dos tira-gostos inscritos e a utilização obrigatória de um item regional em todos os pratos, a exemplo do que já ocorre em Belo Horizonte com o queijo Minas e em Salvador com o maxixe.

Atualmente, o concurso tem 3,2 milhões de frequentadores. Em Manaus, no último ano, quatro mil pessoas participaram da votação, que este ano acontece em qualquer um dos butecos inscritos. “Qualquer pessoa pode votar, mas na final teremos um grupo de 17 jurados. Cada um vai a três bares e eles terão um peso de 50 % na decisão e o público que votou, outros 50%. A apuração será feita pelo (Instituto de Pesquisa) Vox Populi”, concluiu.

O resultado será divulgado ainda no dia 7 no site do concurso (www.comidadibuteco.com.br).