Publicidade
Entretenimento
Vida

Orquestra Amazonas Filarmônica apresenta ‘Série Guaraná’, no Teatro Amazonas

Os ingressos, que já estão sendo vendidos na bilheteria do teatro, custam R$ 20 para a plateia e os outros setores têm entrada franca 06/10/2015 às 18:41
Show 1
O concerto dura aproximadamente uma hora e meia e ao todo 75 músicos estarão no palco
acritica.com Manaus (AM)

Toda a potência e qualidade musical da Orquestra Amazonas Filarmônica serão mostradas ao público durante a edição da Série Guaraná desta quinta-feira (8), quando os músicos interpretarão clássicos do finlandês Jean Sibelius, considerado um dos artistas com as obras mais complexas da música mundial.

O concerto, que vai acontecer às 20h no Teatro Amazonas, é uma promoção do Governo do Amazonas/Secretaria de Estado da Cultura. Os ingressos, que já estão sendo vendidos na bilheteria do teatro, custam R$ 20 para a plateia e os outros setores têm entrada franca.

“Esse espetáculo, que é uma comemoração dos 150 anos de nascimento de Jean Sibelius, é mais uma prova da qualidade dessa orquestra, que já pode ser comparada às melhores do mundo. Quem for ao Teatro Amazonas nesta quinta-feira vai poder acompanhar um espetáculo realmente especial, pois poucas orquestras mundiais têm coragem de interpretar ao vivo obras tão complexas”, afirmou o secretário de Estado da Cultura, Robério Braga.

Regidos pelo maestro Luiz Fernando Malheiro, os músicos da Orquestra Amazonas Filarmônica dobraram a quantidade de ensaios para que pudessem interpretar as composições do artista finlandês. Além da complexidade musical, as obras de Sibelius são caracterizadas por um tom sombrio e pela grande quantidade de notas em cada composição.

Até hoje ele e considerado um dos mais populares compositores do fim do século XIX e início do século XX de música clássica e erudita e a sua música também teve importante papel na formação da identidade nacional finlandesa.

O repertório conta com três obras que são poemas sinfônicos de Sibelius: “A valsa Triste”, “O cisne de tuonela” – que é considerada a obra mais famosa do artista e um dos símbolos da independência da Finlândia – e a 2ª Sinfonia de Sibelius. Malheiro afirma que o repertório foi montado para mostrar um panorama de todo o trabalho se Sibelius.

O concerto dura aproximadamente uma hora e meia e ao todo 75 músicos estarão no palco. Os portões do Teatro Amazonas serão abertos ao público meia hora antes do início do espetáculo.

*Com informações da assessoria de imprensa