Publicidade
Entretenimento
Vida

Os 12 primeiros meses de atividade, sentido e alegria

O pediatra Marcelo Reibscheid, do Hospital São Luiz e criador do portal Pediatria em Foco listou uma série de atividades relacionadas ao desenvolvimento geral do bebê que podem ser praticadas em sua primeira primavera 01/10/2012 às 12:34
Show 1
Bebês precisam aprender desde o primeiro ano a sentir o mundo
acritica.com Manaus, AM

Poucos pais sabem, mas, para os bebês, há uma série de exercícios adequados ao primeiro ano de vida que podem auxiliar no desenvolvimento físico dos pequenos, no presente e futuro. A consciência dos estímulos certos aos bebês são importantes para que os pais compreendam que, apesar da pouca idade, muito pode ser feito de acordo com a faixa etária da criança, para a evolução da coordenação motora e até dos sentidos do bebê.

O pediatra Marcelo Reibscheid, do Hospital São Luiz e criador do portal Pediatria em Foco (www.pediatriaemfoco.com.br) listou uma série de atividades relacionadas ao desenvolvimento geral do bebê que podem ser praticadas em sua primeira primavera. Mas atenção: as brincadeiras não podem ser realizadas antes de dormir, conforme o médico, pois deixará a criança agitada.

1 mês

De acordo com o médico, o ideal a fazer com um recém nascido é colocar objetos macios e coloridos a cerca de 20 cm da criança. Movimentar objetos ou a mão da criança também é válido. Unir as mãos do bebê como se ele fosse bater palmas também auxilia no desenvolvimento. Balançar chocalhos é importante para que o pequeno comece a associar som a movimento.

2 meses

Debruçar o bebê e colocar brinquedos aos lados dele auxiliam na noção de lateralidade. Mover objetos coloridos em sua frente, de modo a brincar e conversar com ele, é papel importante, porque incentiva a movimentação ocular. Praticar a interação geral com a criança já entra como algo que a fará sentir estímulos diferentes.

3 meses

Ficar junto do bebê e colocá-lo de barriga pra baixo para brincar é crucial. Colocar brinquedos na frente dele faz com que ele queira alcançá-los. Tocar e movimentar o corpo do bebê dará a ele dimensão do que pode fazer com o próprio corpo, e utilizar móbiles para que ele tente tocar também ajuda.

4 meses

Movimentar o neném para frente e para trás vai ajudá-lo a praticar a firmeza do tronco. Esconder-se atrás de fraldas ou até mesmo esconder brinquedos vai incitá-lo na busca pelo objeto. Mordedores e brinquedos, ao serem levados na boca, são adequados para que a criança perceba a existência do objeto.

5 meses

Conversar com o bebê, de modo a contar sobre seu cotidiano é permitido, assim como deixar cubos e caixas coloridos pra ele pegar também. Estimular as palmas na criança e ajudá-lo a rolar usando uma toalha ajudam.

6 meses

O ideal é colocar o bebê sentado com um leve apoio. Os pais podem dar um brinquedo de cada vez, para avaliar se ele larga para pegar o outro incentiva-o em suas escolhas. Por a criança na frente do espelho e brincar de aparecer e desaparece o ajuda bastante.

7 meses

Estimular a entrada e saída da criança de um papelão grande pode o ajudar com os movimentos. Pedir pra que ele dê brinquedos a alguém, fazer caretas pra ele e deixar co quem ele coma alguns alimentos com as mãos são eficazes.

8 meses

O bebê precisa, com a ajuda dos pais, a se movimentar de modo com que tente sentar. Faça com que ele brinque de imitar sons e movimentos. Deixar à disposição dele uma caixa grande de brinquedos para que ele escolha com o que brincar. Fazer com que o bebê se arraste para pegar brinquedos é importante.

9 meses

Faça com que o bebê se arraste e engatinhe, ao colocá-lo no chão. Brinque de bola e o estimule a se levantar com um apoio. O ajude a colocar tampas em potinhos e dê a ele objetos de texturas diferentes, como espuma, madeira, toalha e borracha.

10 meses

Estimular e deixar o bebê engatinhar pela casa toda. Ensine movimentos como tchau, sim, não e vem. Pergunte por pessoas e objetos para que ele aponte ou balbucie algo. Estenda a mão e pedir algo para que ele se movimente até você e entregue.

11 meses

Coloque o bebê próximo a sofás, camas e mesas baixas para que ele tente se apoiar e andar em volta. Fique próximo dele. Dê um carrinho (grande) para que ele empurre. Dê potinhos ou caixinhas para empilhar. Nas refeições ofereça a colher para que ele tente comer.

12 meses

Ajude o bebê a caminhar segurando-o pelas mãos. Dê um pote grande com brinquedos dentro e com tampa de rosca para ele tentar abrir. Dê papel, jornal e revistas para o bebê manusear. Dê brinquedos com cordinhas para que ele faça “movimento de pinça” para segurar a corda.