Publicidade
Entretenimento
Cuidados pele idades diferentes

Os cuidados que devemos ter com a pele nas diferentes fases da vida

Dermatologista dá orientações sobre os cuidados com a pele para cada fase da vida 16/08/2012 às 14:33
Show 1
Peles merecem tratamentos especiais conforme o tempo vai passando
acritica.com Manaus 16 de agosto

O tempo é implacável com o nosso corpo, principalmente com a pele, mas mesmo assim, alguns cuidados podem ajudar na prevenção do envelhecimento precoce.  A dica é da dermatologista Daniela Landim que indica o uso de métodos dermatológicos e o uso diário do filtro solar. 

Conforme o tempo passa, a pele sofre com esse processo inevitável. A dermatologista Daniela Landim explica como se pode evitar o envelhecimento precoce da pele através de métodos dermatológicos e o uso diário do filtro solar.

Saiba como tratar e prevenir problemas de pele com as dicas da médica:

Aos 20 anos - se a paciente for muito branquinha, o que começa a incomodar é o aparecimento das sardas e das manchas que começam a se tornar evidentes. Para isso, utilize filtro solar e cremes a base de Vitamina C. “A Vitamina C é um antioxidante clássico e clareador. Unindo a vitamina com filtro solar de fator considerável, já é possível retardar o envelhecimento precoce da pele”.

Aos 30 anos - a pele começa com sinais de flacidez, principalmente na área do rosto e pálpebras. Daniela Landim ressalta que a proteção solar é o ponto-chave. É interessante usar filtro solar diariamente e um creme específico para a área dos olhos. Nessa faixa etária, iniciam-se tratamentos com retinoides e alfa hidroxiácidos. “Eles fazem com que haja uma renovação celular associado a um clareamento da pele”.

Aos 40 anos - sulcos e rugas são mais acentuados. A flacidez das pálpebras se torna evidente principalmente quando a pessoa sorri. Para isso, tratamentos mais invasivos são sugeridos aos pacientes. “A toxina botulínica é indicada quando a ruga de expressão é exacerbada. Ela age na forma de hidratação e redução.”

A partir dos 50 anos - É importante ressaltar que quando a fase do ‘’cinquentão’’ é atingida, a preocupação maior se volta para a falta de modelação facial. Queixas como a queda da bochecha e flacidez na área inferior do rosto e pescoço são muito comuns.

A dermatologista Daniela Landim explica que existem cinco pilares fundamentais do rejuvenescimento da pele, entre eles a proteção solar, antioxidantes (associados a cremes como complemento de tratamento), estimuladores de colágeno, estimuladores cicatriciais (englobam lasers e peelings de cristal) e por último, a hidratação. “Geralmente eu recomendo a hidratação injetável. Há uma melhora na textura e, principalmente, na aparência da pele. São aplicações quinzenais ou mensais e três seções são suficientes para notar uma melhora significativa”, explica.