Publicidade
Entretenimento
Buzz

"Para a TV não tenho nada. Estou voltado para os palcos", diz Tom Cavalcante

Depois de oito meses em cartaz na cidade de São Paulo, Tom Cavalcante encerrou sua temporada na capital e entre os meses de março e abril estará em turnê nacional. Uma passagem pelo exterior também está sendo organizada. O humorista pretende levar seu show para brasileiros que moram fora do país. 03/03/2012 às 17:38
Show 1
"Para a TV não tenho nada. Estou voltado para os palcos", diz Tom Cavalcante
Uol São Paulo

Afastado das telinhas desde novembro de 2011, quando pediu demissão da Record, Tom contou em entrevista ao UOL que não pretende voltar para televisão tão cedo e que irá se dedicar ao teatro agora. “Para a TV, no momento, não tenho nada. Estou voltado para a vida artística nos palcos. Uma linguagem direta com o público, o olho no olho. A televisão é apaixonante, mas perde neste ponto. Adoro os dois, mas o palco é imbatível”.

Sobre um possível desentendimento com um dos diretores da rede Globo, o que teria prejudicado sua volta para emissora, ele desmentiu. “A notícia vem no bojo dos factoides manjados pelos noticiários, mas que ainda agitam o ambiente. Desconheço esse tal ‘sr. Desafeto’. Não o conheço e nem quero conhecer [risos]. Na Globo só deixei amigos, de quem desfruto das afeições”, concluiu o humorista.

“Minha passagem pelo Comedians [casa de shows de stand-ups] foi muito agradável. A proximidade com o público me fez relembrar às noites em que me apresentava em Fortaleza, no início da carreira. Agradeço ao Rafinha [Bastos] e ao Danilo [Gentili], donos da casa”, relembrou Tom.

Durante 1h30 de espetáculo, os fãs de piadas (principalmente sobre sexo) podem se deliciar com as esquetes e imitações de famosos, que vão desde Dilma Roussef até Maria Gadú. Tom Cavalcante também não perde oportunidade de interagir com a plateia, principalmente aqueles que chegam atrasados ou resolvem pedir uma bebidinha e uns petiscos. “Senta aqui gatinho”, diz para um espectador, enquanto satiriza Ana Maria Braga.

Com figurinos bem elaborados e atento aos detalhes, como os gestos feitos por Roberto Carlos em seus shows ou os tiques de Caetano Veloso, Tom Cavalcante confessa ser perfeccionista. “Sou irritantemente cuidadoso com minha performance e com a logística. A começar pela preocupação em saber se o público está bem acomodado, passando pelo check list de som, luz e adereços.  O resto é estar bem comigo mesmo para poder dividir meu bom humor”. Além do teatro, Tom também está escrevendo algumas crônicas e contos de humor.