Publicidade
Entretenimento
MÚSICA

Paula Toller apresenta show da turnê ‘Como Eu Quero’ neste sábado (14) em Manaus

Ex-vocalista da banda Kid Abelha faz antologia da carreira com sucessos como “Nada Sei” e “Fixação” e músicas de outros artistas como Mutantes e Stevie Wonder 10/04/2018 às 11:16 - Atualizado em 10/04/2018 às 12:27
Show get img
(Foto: Reprodução)
Laynna Feitoza Manaus (AM)

“Sou descendente de mulheres independentes desde a década de 30. Feminismo está no meu DNA”. Sem fugas, a cantora Paula Toller valida todo o espírito de luta artística que marcou a época em que começou a carreira. “Sou a única líder de banda entre as grandes dos anos 80. A carreira-solo é desenvolvimento do meu projeto de vida geral”, coloca ela. E é sob este projeto de vida que ela traz a Manaus o show “Como Eu Quero”, que vai acontecer neste sábado (14), às 22h, no Studio 5.

O repertório do show de Paula em Manaus é uma antologia de toda a sua carreira. Além dos grandes sucessos, como “Nada Sei”, “Fixação” e “Como Eu Quero”, também constará no repertório músicas como “Ando Meio Desligado”, dos Mutantes e “”Deixa A Vibe Te Levar’ (versão para “Don’t You Worry ‘Bout A Thing”, de Stevie Wonder).

“Todos os artistas que mais gosto são dos anos 60, 70 e 80.  Stevie é gênio, uma aula de tudo, voz, divisão, melodia, som e letra. ‘Ando Meio Desligado’ é uma canção eterna, e no palco temos Liminha, um Mutante original”, coloca ela. Além de Liminha, que assina a direção musical do show e está na turnê tocando violão, a banda de Toller está renovada com os músicos Gustavo Camardella (violão e vocal), Pedro Augusto (teclados), Pedro Dias (baixo e vocal) e Adal Fonseca (bateria).

Braço direito

Paula salienta a importância de Liminha no cenário musical brasileiro e a parceria formada para esta turnê. “Imperdível assistir a esse mestre do nosso rock [Liminha], uma lenda viva!”, celebra ela. Falando em cenário, a própria cenografia do show será criada para remeter a um ambiente específico. “A cenografia e a luz, dos feras Batman Zavarese e Samuel Betts, criam um clima como se fosse um nightclub dentro de uma nave espacial”, comenta.

Além de parceiros profissionais, Liminha e Paula são, acima de tudo, amigos. “Gostamos do estúdio, de experimentar, brincar. Apesar de todo o rigor nos arranjos e nos ensaios, no palco temos um entusiasmo juvenil. Meu disco mais recente, ‘Transbordada’, tem 10 canções que fizemos juntos e duas delas estão neste show, que são ‘O Sol Desaparece’ e ‘Calmaí’”, complementa a cantora.

No show, Paula também apresentará uma nova versão da música “Céu Azul”, do Charlie Brown Jr. A cantora fala então do toque delicado que atribuiu à música. “Fiz uma gravação mais acelerada em comparação com a original. Tem um balanço gostosinho, mas o toque especial é a minha voz”, destaca ela.

Como ex-vocalista da banda de pop-rock Kid Abelha, que encerrou suas atividades em 2016, Toller segue com a sua carreira-solo cantando por todo o País. Com a Kid Abelha, ao todo, foram nove milhões de discos vendidos em mais de 30 anos de carreira. Sobre as diferenças entre a Paula do Kid Abelha e a Paula de hoje, ela declara que a sua dedicação é a mesma em qualquer situação. “Adoro o que faço e tenho consciência da sorte que tive em encontrar tantos parceiros incríveis e fazer um trabalho vitorioso”, finaliza.

Serviço

O quê: show de Paula Toller
Quando: sábado (14), às 22h
Onde: Studio 5, na avenida Rodrigo Otávio, 337, Crespo
Quanto: Ingressos variam entre R$ 80 e R$ 170, nas lojas Alô Ingressos, localizada nos shoppings Sumaúma, Amazonas, Manauara e Via Norte

Publicidade
Publicidade