Publicidade
Entretenimento
Buzz

Perda súbita de consciência provocou acidente de Sérgio Reis

O cantor  caiu do palco durante uma apresentação em Três Marias, Minas Gerais. 04/03/2012 às 16:59
Show 1
Sérgio Reis sofreu um acidente durante show em Minas Gerais
UOL Belo Horizonte

Uma síncope, perda súbita de consciência, provocou o acidente de Sérgio Reis, informou o médico Anselmo Dornas Moura, do hospital Mater Dei, em Belo Horizonte, aos jornalistas na tarde deste domingo (4). Sérgio Reis foi internado na manhã deste domingo após sofrer uma queda durante um show na cidade de Três Marias, também em Minas Gerais, na noite de sábado (3).

À equipe médica, o cantor narrou que sentiu a visão escurecer durante o show que realizava em Três Marias (MG) e despencou do palco, de cerca de dois metros de altura. Com a queda, o cantor fraturou o ombro e duas costelas.

Apesar de estar consciente e respirando sem ajuda de aparelhos, Sérgio continua em observação no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) do hospital. Ele ainda vai passar por uma bateria de exames para descobrir o que causou a síncope. O hospital afirmou que o paciente pode ter alta do CTI nesta segunda-feira (5).

LEIA O BOLETIM NA ÍNTEGRA:

O cantor e compositor Sérgio Reis sentiu-se mal na madrugada de hoje, dia 4/3/12, durante um show que realizava na cidade mineira de Três Marias. Sérgio Reis apresentou uma síncope (perda súbita e rápida da consciência) e caiu de uma altura de aproximadamente dois metros. Ele foi atendido inicialmente na cidade de Três Marias e em seguida foi transferido ao Hospital Mater Dei, registrando entrada no Pronto-socorro por volta das 7h30, e posteriormente sendo transferido para a Unidade de Terapia Intensiva às 9 horas.
 
Na admissão, o cantor e compositor se apresentava consciente e movimentando os quatro membros. Exames realizados durante a admissão demonstram tomografia computadorizada de crânio normal e raio X de tórax com fraturas de dois arcos costais no ombro direito. Sérgio Reis se encontra consciente, respirando de forma espontânea sem ajuda de aparelhos. Seu estado de saúde é estável, mas inspira observações cuidadosas.
 
Está sendo realizada uma série de exames para tentar identificar a causa do mal súbito que culminou com a queda do paciente. Há possibilidades de alta da Unidade de Terapia Intensiva amanhã, dia 5/3/12.
 
Responsável:
Anselmo Dornas Moura
Coordenador da equipe de CTI
CRM-MG: 21499