Publicidade
Entretenimento
Buzz

‘Por R$ 1,5 milhão eu saio nu’, diz Jonas sobre ensaio sensual

O modelo ficou surpreso ao saber que seu vídeo íntimo havia vazado na internet, e revelou que posaria nu por R$ 1,5 milhão, o valor do prêmio do "BBB" 28/03/2012 às 12:28
Show 1
Jonas Sulzbach
uol/televisão ---

O eliminado no paredão do "Big Brother Brasil 12" desta terça-feira (27), com 54% dos votos, foi o gaúcho de Lajeado, Jonas. O modelo ficou surpreso ao saber que seu vídeo íntimo havia vazado na internet, e revelou que posaria nu por R$ 1,5 milhão, o valor do prêmio do "BBB".

Durante a entrevista com jornalistas, Jonas em um primeiro momento chegou a negar o vídeo, mas depois de ouvir os detalhes, colocou a mão no rosto e, perplexo, disse que foi vítima de uma pegadinha.

 “Ai, ai, ai, ai... eu caí numa pegadinha de trouxa do MSN. Báh, que vacilo! Era uma mulher, lógico. Faz tempo isso, pelo menos três meses (risos). Fiquei até com vergonha agora. Foi numa sala de bate-papo, nem sabia que se podia gravar essas coisas. Nem sei o que falar, vamos mudar de assunto? Falar de economia...”, disse o modelo, tentando mudar de assunto após admitir que era ele mesmo no vídeo. “O que será que minha mãe vai pensar?”, indagou.

Após as imagens do vídeo, o gaúcho revelou que posaria nu, “Por R$ 1,5 milhão eu poso, mas por R$ 1,2 milhão também”, brincou ele.

Com o terceiro lugar garantido e após ganhar um prêmio de R$ 50 mil, o modelo revelou que vai economizar a quantia. “Eu trabalho há oito anos como modelo e parte do dinheiro que ganho, economizo. O valor deste prêmio vai para a poupança. Já trabalhei como garçom, servi muita gente, já trabalhei para comer”, revelou o eliminado.

Jonas afirmou que ao pedir um beijo da sister Kelly durante a festa que aconteceu no quarto Selva, estava apenas brincando. “Aquilo com a Kelly foi brincadeira, ela é uma amiga. Eu a respeito e também ao namorado dela”, disse.

A postura da finalista Fabiana foi criticada pelo Mister. Segundo o gaúcho, ela é "forçada demais" e o prejudicou na última prova do líder. “Ela antecipou, queimou a prova e bem em uma questão que eu sabia. E impediu que eu ganhasse, pois a questão foi anulada. Não vejo muita verdade na Fabi, uma pessoa que só está na final porque venceu as provas de liderança”, disse.

Sobre os rumores de que seria gay, levantada no programa em uma conversa entre as sisters Monique e Renata, Jonas falou que não tem que provar nada para ninguém. “Não sou gay. Eu sei quantas passaram pela minha mão”, disse o eliminado, em tom de irritação.

O modelo disse que Yuri não será um de seus amigos fora do confinamento. Falou que tentou se aproximar do lutador e se tornar seu amigo, mas infelizmente o goiano não lhe respeitou.

“O Yuri não me agrada. Rolou um desentendimento entre a gente. A gente se aproximava porque ele foi verdadeiro, até o momento que deu. Até ele mostrar o seu verdadeiro caráter e me faltar com o respeito. Me incomodou bastante ele dizer que eu só tenho beleza, como se eu só tivesse isso como qualidade, o que não é verdade. Não o ofendi, mas deveria ter respondido como ele merecia”, desabafou.

Como esperado, a torcida de Jonas é para seu amigo Fael. “O Fael é um herói para mim. Eu estava no paredão com a pessoa que mais admiro. Saio feliz e com a certeza da vitória do meu amigo”, comemora.

Supostas agentes de Jonas brigam com seguranças na portaria do Projac

Duas mulheres que se diziam agentes do modelo Jonas, discutiram com seguranças da portaria três do Projac, na zona oeste do Rio. As mulheres estavam bravas por supostamente terem sido esquecidas pela produção do "BBB" do lado de fora.

Os seguranças da portaria tiveram que escutar as exigências das mulheres, que usavam camisetas da torcida de Jonas. Exaltadas, chegaram a afirmar que o ex-BBB só poderia deixar o local acompanhado das duas.

“Eu sou agente do Jonas e nos largaram aqui. Entramos com a família e ficaram de nos encontrar aqui, pois no camarim só podiam ficar três. E agora como vou voltar para o hotel?”, gritou uma das agentes, que fez questão de dizer estava hospedada no mesmo hotel onde os ex-BBBs ficam quando saem do programa.

“Nego consegue comprar farda da PM e não conseguiria fazer uma camiseta com a foto de um 'BBB'?”, disse um segurança, que preferiu não se identificar, à reportagem do UOL. Após a discussão, a dupla foi encaminhada para a portaria 4, onde aguardariam do lado de fora a saída de Jonas e pegariam uma van para o hotel.